Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Ainda o mar da Ericeira

por Júlia, em 30.08.14

Por diversas razões, as minhas viagens de descoberta por terras alentejanas têm estado em pousio. Não por falta de interesse ou porque pouco haja para descobrir com interesse. Pelo contrário, mesmo nas terras já percorridas, há sempre novos motivos de interesse, pormenores que escaparam a um primeiro olhar.

Aqui, no interior, por estes dias de calor que abrasa a terra e a resseca, ocorre sempre a noltalgia do mar e das frescas paragens do litoral. Sobretudo as saudades da Ericeira. Ela foi aqui recordada ao longo de algum tempo. Encontrei o mar mais limpo, sem rasto evidente de poluição  - suponho que graças ao trabalho da autarquia. Aqui fica o derradeiro testemunho de uma visita muito agradável.

 

.
.
Testemunho de um tempo em que era preciso proteger o litoral de ataques inimigos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:03

Ericeira 8

por Júlia, em 20.08.14



Vista de parte do molhe e barcos em descanso, aguardando a próxima faina.



Um dos pequenos barcos usados na pesca.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:41

Ericeira 7

por Júlia, em 18.08.14



Fonte da Lua. Localizada na rua sobranceira à Praia dos Pescadores.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:34

Ericeira 6

por Júlia, em 07.08.14

 A chamada Fonte do Casino nem sequer está situada na rua onde se encontra o edifício onde funcionou o casino da Ericeira. Mas trata-se de um monumento inserido no casco urbano antigo da vila, de interesse pela sua graciosidade e por ser quase centenário. Junto da fonte está uma placa descritiva, onde se pode ler: "Inaugurada em 21 de Julho de 1927, painel de azulejos representando um tritão segurando numa das mãos um ouriço do mar (símbolo da heráldica da Ericeira), e na outra um búzio, utilizado no passado pelos pescadores como instrumento de aviso sonoro durante a faina".

Como convém a uma localidade virada para o turismo, a placa tem uma versão em inglês.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:38

Ericeira 5

por Júlia, em 28.07.14


O pelourinho da Ericeira. Símbolo do poder municipal, uma vez que a vila foi sede de um pequeno concelho. No século XVI (1527) o concelho tinha apenas 75 moradores (mais ou menos 300 habitantes)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:44

Ericeira 4

por Júlia, em 22.07.14

 

Um recanto e mais uma casa muito interessantes na Ericeira.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:21

Ericeira 3

por Júlia, em 18.07.14

Nas casas do núcleo mais antigo predominam as cores branca e azul. Algumas de traça mais simples, outras com elementos muito interessantes.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:10

Ericeira 2

por Júlia, em 12.07.14
Ruas estreitas, por vezes tortuosas, caraterizam a Ericeira. Não foram concebidas para o atual trânsito automóvel. Mas são ideais para uma visita demorada, observando os pormenores do tecido urbano.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:56

Ericeira 1

por Júlia, em 07.07.14

Há muito tempo que não ia à Ericeira. Num dia de junho, finalmente, retornei a esta terra de que muito gosto.

Gosto das manhãs frescas e húmidas, com o céu nublado e um nevoeiro cobrindo toda aquela área costeira e das tardes luminosas.

Gosto do mar: cinzento de manhã e de tarde com cores vibrantes que vão do azul profundo até ao verde esmeralda, junto às rochas.

Gosto das casas do núcleo mais antigo, onde o branco e o azul forte contrastam.

 De manhã, com a praia dos Pescadores em primeiro plano.

 As horas iam avançanco. O céu não está tão carregado. A praia dos Pescadores vista de sul para norte.

Quase no final da manhã.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:44


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D