Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


As festas

por Júlia, em 04.09.15

Este ano, tal como em outros passados, colaborei na ornamentação da rua, fazendo flores. Foi longa a noite da "enramação", dedicando-me activamente a fazer descer, por uma corda, a partir de um segundo andar, as flores que iriam cobrir o "tecto".

Ao contrário de outros anos, não tirei muitas fotografias. Mas isso não me preocupou porque vi publicadas na net muitas fotos que ilustram o que foram as festas.

Havia ruas interessantes, outras nem tanto. Gostei particularmente da rua que tinha como tema "A liberdade de expressão". Criatividade, bom gosto e flores muito bem feitas. Apesar da estranheza que causava pelo facto de as cores utilizadas serem o preto e o cinzento, com um breve apontamento a vermelho.

O que se segue é apenas uma selecção feita a partir das poucas fotos que tirei.

Festas 1.jpg

 

Festas 2.jpg

 

Festas 3.jpg

 

Festas 4.jpg

 

Festas 5.jpg

 

Festas 6.jpg

 

Festas 7.jpg

 

Festas 8.jpg

 

Festas 9.jpg

 

Festas 10.jpg

 

Festas 11.jpg

 

Festas 12.jpg

 

Festas 13.jpg

 

Festas 14.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:41

Claro e escuro

por Júlia, em 26.06.14

Branco da igreja; escuro das pedras da muralha; luz e sombra. Contrastes num dia de maio de visita a Ouguela.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:23

Pormenores

por Júlia, em 13.05.14

Pedaço de rocha que teria muito para contar. Rolado em água corrente, terá sido trazido de um dos cursos de água que perto correm, ou talvez dos depósitos de calhaus que cobrem superfícies próximas, hoje elevadas em relação aos rios que atravessam esta região. Já fez parte da muralha da fortaleza de Ouguela a qual, desmoronando-se aos poucos, deixou o seixo pousado no chão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:16

Atalaia de S. Pedro

por Júlia, em 22.04.14

As atalaias eram parte importante da defesa da fronteira porque, dado a sua localização em pontos elevados, permitiam detetar qualquer movimento de tropas  inimigas e comunicar com a fortaleza mais próxima, neste caso, a de Ouguela.

Vista do exterior, parece estar em bom estado de conservação. No entanto, no interior, a abóbada apresenta vários rombos que seria urgente reparar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:13

Beco

por Júlia, em 18.11.13

O acesso a este beco faz-se por um arco, percorre-se um pequeno túnel e as casas dispõem-se na ruela sem saída. Algumas casas encontram-se em bom estado de conservação e habitadas, mas outras, como a que se acede pelas escadas, estão abandonadas, sendo notório o seu estado de degradação. Em Campo Maior.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:13

Chaminés escondidas 4

por Júlia, em 07.11.13

Nesta ainda se pode ver a decoração da parte cilíndrica, abaixo das aberturas. Em Campo Maior.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:30

Chaminés escondidas 3

por Júlia, em 05.11.13

Aqui está bem ilustrada a confusão que carateriza a vila. Andares que se sobrepõem, terraços, alpendres, telhados de telha e de zinco, floresta de antenas e algumas relíquias como a chaminé cilíndrica que parece em perfeitas condições de funcionamento. Em Campo Maior.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:24

Chaminés escondidas 2

por Júlia, em 03.11.13

Esta mal se vê, espreitando acima dos telahados. Em Campo Maior.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:21

Chaminés escondidas 1

por Júlia, em 01.11.13

Não se veem das ruas. A densidade urbana - ruas estreitas, casas que cresceram em altura - impedem-nos de as ver. Só é possível vislumbrá-las dos terraços das casas localizadas nos pontos mais altos. São chaminés cilíndricas que escaparam à destruição.

Neste caso, parece que a decoração da parte superior foi truncada. Em Campo Maior.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:15

Chaminé em Campo Maior

por Júlia, em 21.09.13




Da rua só se consegue ver a parte superior. Mas espreitando pelo espaço do portão que dá acesso a um pátio, é posssível vê-la na totalidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:55


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D