Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Igreja de Santo Aleixo

por Júlia, em 22.11.07

Nas minhas deambulações pelas aldeias do Norte Alentejano, tenho verificado que há alguns aspectos que as distinguem, nomeadamente, os pormenores das casas, as chaminés e as igrejas ou capelas.

Das igrejas que tive oportunidade de ver, a de Santo Aleixo, sede de freguesia do concelho de Monforte, é a de que mais gostei. A sua construção data do século XVIII.

Iluminada pelo sol, num destes dias do verão de S. Martinho, o branco da fachada resplandecia, sublinhado pelo azul claro dos recortes, da escadaria e enquandrando a torre sineira. Pelo aspecto, depreende-se que a população da aldeia cuida da sua igreja com todo o desvelo.

 

É tão bonita que parece feita de açúcar.

(ver em tamanho grande)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:21


20 comentários

Imagem de perfil

De Júlia a 17.11.2008 às 18:08

Eu gostava de ter escrito um texto assim para homenagear a minha vila.
A sua aldeia é linda, sobretudo a igreja.
Mas há alterações desnecessárias no casario e que lhe alteram a pureza da traça alentejana.
Mas a igreja... é um deslumbramento. Nunca vi nada assim.
Cumprimentos
Sem imagem de perfil

De Aires Plácido a 17.11.2008 às 23:16

Olá,
Um abraço pelo elogio à minha linda aldeia e ao meu modesto comentário.
Concordo. Que, aqui e ali, há pequenas pinceladas a escurecer a claridade da minha linda aldeia. Penso que apareceram por culpa de quem de direito…como sabe a alteração à fachada é punida por lei.
Pela simpatia que tem pela minha igreja, para si:

Modesta mas espelhenta
Doce como o rebuçado,
Quem a acha ternurenta
Tem o gosto requintado.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D