Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Azeite

por Júlia, em 14.09.07

O azeite obtém-se a partir de azeitonas sãs e inteiras. Assim que dão entrada no lagar devem ser logo moídas, porque os processos de fermentação que rapidamente têm início podem deteriorar a sua qualidade. As massas resultante da moenda são batidas e, no processo tradicional, são postas entre capachos sobrepostos e prensadas na prensa hidráulica. Nos sistemas modernos, a pasta é centrifugada duas ou três vezes. Depois, procede-se à decantação ou centrifugação da fase oleosa que deixa o azeite limpo e pronto para ser armazenado. Antes de ser engarrafado, passa ainda por um processo de filtragem.

Existem as seguintes denominações do azeite:

1. Azeite virgem - É obtido por procedimentos mecânicos ou por outros meios físicos, em condições térmicas apropriadas que não alterem a qualidade do azeite. Só se admite, como processos, a lavagem, a decantação, a centrifugação e a filtração. Distinguem-se o azeite virgem extra, o azeite virgem, e o azeite virgem corrente pela acidez e por outras características definidas pelo organismo regulador.

2. Azeite refinado - Obtido da refinação de azeites virgens que apresentam uma elevada acidez ou defeito nas suas condições organolépticas, as quais se eliminam no processo de refinação. As técnicas utilizadas não podem provocar nenhuma modificação da estrutura glicerídica inicial. A acidez em ácido oleico não pode ultrapassar 0,3%.

3. Azeite - É uma mistura de azeite virgem com azeite refinado.

4. Azeite de bagaço de azeitona - É o azeite obtido por tratamento, com dissolventes, do bagaço da azeitona. Por vezes é misturado com azeite virgem mas, neste caso, não pode ter a denominação de azeite.  

 

 Garrafas de azeite virgem de Trás-os-Montes

 Amostras de azeite em pequenas garrafas

 Prato pulblicitando azeite, frascos de mel e pasta de azeitona

 

Fotos: VIII Feira Nacional de Olivicultura, em vários expositores.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:48


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D