Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Ribeira do Sor

por Júlia, em 25.03.11

 

A água da ribeira corre entre blocos de granito. Vista da ponte onde se encontra a placa informativa que demarca os limites entre os concelhos do Crato e do Gavião.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:47


4 comentários

Imagem de perfil

De Luiz a 25.03.2011 às 22:00

A chamada Ponte do Sume (porque fica perto dessa pequena e remota localidade do concelho do Crato).
A barreira rochosa sobre a qual foi construída a ponte, é formada pela desagregação de um afloramento granítico que a ribeira atravessa e erosionou. Quando o caudal da ribeira sobe muito, a água não cabe por entre os blocos e forma uma "barragem" natural.
Imagem de perfil

De Júlia a 26.03.2011 às 09:59

Não me parece que esta seja a Ponte de Sume, porque fica entre a Comenda e Monte da Pedra. Fiquei confusa com o seu comentário, porque, nesse dia, andei ainda bem longe da aldeia de Sume.
Em todo o caso, a paisagem granítica que a ribeira atravessa é muito bonita.
Imagem de perfil

De Luiz a 26.03.2011 às 16:15

eheheh
Grande confusão!
Como falou dos limites dos concelhos, deixei-me levar pela lembrança de alguma troca de impressões recente sobre esta zona, onde precisamente os dois concelhos fazem fronteira e existe uma ponte.

Em todo o caso, o sítio que eu referi é merecedor de uma visita.

Cumpmts
Sem imagem de perfil

De O´Luis a 14.08.2011 às 16:24

Concordo consigo.

O que lamento muito é que o blog ainda não consiga entrar nas terras de Comenda. Algumas coisas para ver. Outras coisas abandonadas e desprezadas. Acredito que quando voltar a estas terras lhe fará uma pausa assim mais acentuada.

É não tenha mesmo dúvida que este rio Sôr é maravilha e beleza para quem o conhece.

Na postagem faltou dizer que as margens do mesmo estão com arame farapado e não se pode chegar a suas margens. Faltou também dizer que o seu leito tem sido muito mal tratado com as queijarias da vila de Tolosa. Não sei se o assunto já está resolvido mas penso que não...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D