Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Cornas

por Júlia, em 24.01.11

 

 

Num tempo em que os recipientes ainda não eram feitos de plástico, todos os materiais naturais tinham de ser aproveitados. Os cornos dos bois e das vacas eram utilizados para vários fins. Neste caso, para fazer cornas, com uma tampa metálica, que eram usadas pelos trabalhadores do campo para transportar as azeitonas, elemento importante na alimentação desses tempos, para acompanhar as refeições ou, simplesmente, para comer com pão.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:19


5 comentários

Imagem de perfil

De Luiz a 24.01.2011 às 12:30

Recordo-me perfeitamente.
A necessidade de dispor de recipientes de vários tamanhos fazia com que por vezes um único corno fosse cortado em vários troços.
Os mais pequenos eram utilizados para acondicionar o sal ou outros ingredientes ou condimentos de menor volume.
Nem sempre as tampas eram tão elaboradas.
Muitas vezes eram constituídas por uma simples rodela de cortiça.
Imagem de perfil

De Júlia a 24.01.2011 às 18:05

As que eu conhecia eram, de facto, mais pequenas e tapadas com cortiça. Estas são daqui, de Campo Maior (por acaso até são cá da casa).
Sem imagem de perfil

De Rafael Carvalho a 24.01.2011 às 16:50

Deconhecia tal aplicação para os cornos!
Imagem de perfil

De Júlia a 24.01.2011 às 18:03

Isto é mesmo uma alentejanice. Havia outras cornas mais pequenas para o azeite e o vinagre.
Sem imagem de perfil

De rui silva a 11.09.2011 às 00:39

E até para transportar o azeite para fazer as refeições no campo

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D