Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Estação de Marvão-Beirã

por Júlia, em 29.11.11
Fotografar azulejos é tarefa difícil, atendendo às condições ténicas e de conhecimento de que disponho. Dos treze painés com a reprodução de monumentos importantes (Torre de Belém, Convento de Tomar, entre outros) e de paisagens portuguesas, aqui ficam três exemplos.
Cruzeiro e pórtico do convento de Nossa Senhora da Estrela, em Marvão.
Praia da Nazaré
Castelo de Marvão

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 08:35

Estação de Marvão-Beirã

por Júlia, em 27.11.11
A Beirã é uma pequena localidade, sede da freguesia com o mesmo nome do concelho de Marvão. É um dos casos de um lugar que praticamente nasceu e se desenvolveu graças ao caminho de ferro e ao facto de ser a última estação antes da fronteira com Espanha. Antes da integração de Portugal e Espanha na União Europeia tinha importante função aduaneira e de controlo de viajantes, o que implicava a fixação temporária ou permanente de funcionários e, eventualmente, de suas famílias.
A estação dos caminhos de ferro é, sem dúvida, o monumento mais impressionante desta localidade. Impressiona pela sua dimensão, atendendo a que serve o ramal de Cáceres, de pequena extensão, embora se trate da via de comunicação menos distante entre as duas capitais ibéricas. Mas, impressiona também pelos belos painéis de azulejos assinados por Jorge Colaço. (ver história da estação)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 08:43

Novamente a "poda" das árvores

por Júlia, em 24.11.11
Este ano a "poda" já começou. No caso ilustrado na fotografia, as tipuanas; mas, bem próximo, não escaparam as robínias nem as amoreiras. Apesar de elucidados sobre os efeitos destas "podas" nas árvores do espaço público, os responsáveis camarários continuam na sua cruzada de danificar um património que é de todos.
No caso das tipuanas, uma das consequências mais visíveis é o facto de não florirem há bastante tempo. Como se podia observar facilmente, conservavam as folhas, só as perdendo durante um curto período e já na primavera. Não é preciso ser um conhecedor profundo de botânica para se saber que estas árvores foram privadas das suas funções vitais. Se se pretende acabar com as árvores, mais vale abatê-las de uma vez.
Em Campo Maior, Novembro de 2011.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:54

Casa e chaminé

por Júlia, em 22.11.11
O povoamento na Serra de S. Mamede constitui um caso à parte no Alto Alentejo. As freguesias nem sempre têm uma povoação sede com o mesmo nome, como é o caso de Ribeira de Nisa, cuja sede é Monte Carvalho. No caso de S. Salvador da Aramenha, a sede da freguesia é uma pequena povoação, constituída por um largo onde se encontra a igreja matriz, em parte oculta por algumas casas que definem a praça, estendendo-se depois à volta desta mais alguns edifícios ocupando uma área relativamente pequena. (Mais informação sobre as origens da freguesia no portal da C.M. de Marvão)

Casa situada em local oposto ao do largo da igreja, junto da estrada. Destacam-se as cantarias em granito, a originalidade das janelas e o facto de a entrada não se fazer diretamente para a rua.
 Pormenor da chaminé.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 09:07

Brincos de princesa

por Júlia, em 17.11.11
Num jardim de vasos em frente à casa a que pertence a janela do post anterior.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 16:06

Janela

por Júlia, em 14.11.11
Janela do 1º andar de uma casa em S. Salvador da Aramenha, concelho de Marvão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 09:57

Em dia de S. Martinho...

por Júlia, em 11.11.11
... prova-se o vinho e comem-se castanhas. Estas da Serra de S. Mamede.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:27

Choça

por Júlia, em 07.11.11
Choça na aldeia de Cabeçudos, concelho de Marvão.
(Foto no Flickr. Clicar para ver tamanho maior)
Será a mesma que foi fotografada por Raquel Soeiro de Brito e reproduzida no livro de Orlando Ribeiro Geografia e Civilização. Temas Portugueses. Livros Horizonte. A foto não está datada, mas suponho que terá sido tirada por volta dos anos 50 do século XX. A choça ainda era habitada. Actualmente, no espaço delimitado por muros, encontra-se uma casa relativamente recente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 08:06

Chaminé

por Júlia, em 04.11.11
Chaminé numa casa da aldeia de Cabeçudos. Curiosa pela largura, o que implica ser coberta por um pequeno telhado de duas águas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 07:55

Casa na Portagem

por Júlia, em 02.11.11
Velha casa de uma horta, com visíveis sinais de estar abandonada. Na casa, separadas as áreas destinadas às várias funções associadas à produção hortícola e à habitação. À esquerda, a ponte medieval do Rio Sever.
Couves e a vegetação ribeirinha do Rio Sever, com algumas árvores vestindo as cores de outono.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 11:40


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D