Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Lírios

por Júlia, em 10.05.09

Durante um fim de semana deixei para trás o Alentejo e rumei ao Norte, a Trás-os-Montes. Estes lírios florescem no deslumbrante jardim da Casa de Mateus, junto do grande lago que antecede o palácio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 08:07

Viana do Alentejo. Janela

por Júlia, em 09.05.09

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:28

Alentejo em Abril

por Júlia, em 08.05.09

Seara e azinheira solitária

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:24

Évora. Arcos

por Júlia, em 07.05.09

Implantados numa parede exterior estreita e alta, terão a função de iluminação da entrada da casa, ou talvez  sirvam apenas para decorar e evitar uma enorme parede cega.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 08:32

Viana do Alentejo. Pórtico da Igreja

por Júlia, em 06.05.09

A igreja matriz de Viana do Alentejo tem um pórtico manuelino onde se encontram esculpidas algumas figuras bem características do estilo. Estes são apenas três exemplos.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:19

Cruzeiro. Viana do Alentejo

por Júlia, em 05.05.09

 

 

No interior do espaço do castelo encontra-se este cruzeiro, com a dupla representação que já antes tinha observado nos cruzeiros de Cabeço de Vide, Alpalhão e Marvão. No entanto, ao contrário destes, não é a imagem da Pietá que foi esculpida numa das faces da cruz, mas a Virgem Maria com o Menino Jesus, numa representação que nalguns casos aparece como a Senhora do Leite, visto a Mãe estar com um dos seios descoberto e em atitude de oferecê-lo ao Filho.

Suponho que a intenção do escultor terá sido evocar o princípio e o fim da vida de Cristo.

Aqui só foi possível fotografar a parte que representa a Virgem Maria com o Menino Jesus. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:04

O espaço interior do castelo é muito interessante. Logo à entrada, fica a igreja matriz, com o seu pórtico manuelino.

 

 

A visão da torre retratada no post anterior é aqui diferente. Seguindo a muralha que se vê à direita...

 

... vê-se uma outra torre cilíndrica mas muito mais simples, onde se encontra um sino datado de 1804.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:11

Viana do Alentejo. Torre do Castelo

por Júlia, em 03.05.09

Vista da torre a partir do exterior do castelo de Viana do Alentejo. Vê-se também a torre sineira da igreja.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:01

Igreja de Canha

por Júlia, em 02.05.09

Canha foi sede de concelho e, segundo o Numeramento de 1527-1532, integrava os domínios da Ordem de Santiago, na Comarca de Entre Tejo e Odiana. Ainda com base nos dados do numeramento, a população era muito reduzida, com apenas 60 moradores (entre 240 a 300 pessoas)  vivendo dispersos no concelho.

A vila, actualmente, assemelha-se a muitas da área de transição entre o Alentejo e o Ribatejo. A igreja matriz distingue-se sobretudo pela dimensão da torre sineira que é, simultaneamente, torre do relógio.

 

 

 

(Para ver mais informação sobre Canha)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:41

Canha. Oliveira

por Júlia, em 01.05.09

Oliveira no adro da igreja em Canha

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 08:39

Pág. 3/3



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D