Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



"Hoje dedicada a Nª Sra. da Conceição, a Igreja Matriz de Santa Maria foi totalmente reconstruída no início do 2º terço do séc. XVI. Possui portal gótico, protegido por um curioso pórtico encimado por torre sineira. No interior possui nártex, três naves e três tramos, com uma capela-mor de cúpula semi-esférica e retábulo do tipo barroco-salomónico em talha dourada. No evangelho e na epístola existem frescos renascentistas, de autoria atribuída a Diogo Fernandez". (Folheto da Junta de Freguesia de Evoramonte)

 

 A igreja vista da Porta do Freixo.

 Entrada e torre sineira, vista do lado oposto ao da foto anterior.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:33

Evoramonte. Arco e casa da câmara

por Júlia, em 12.12.08

 A condição de sede de concelho determinou a existência de uma casa destinada às funções municipais, incluindo também a cadeia.

Este arco estabelece a ligação entre a Rua da Carreira e a Rua de Santa Maria. À direita, a base da Torre do Relógio.

 

 

O antigo edfício dos Paços do Concelho, visto da Torre-Paço. Tem, na fachada a data de 1787 e, por cima, um brasão com as armas do reino. É impressionante a dimensão da Torre do Relógio. No edifício funciona o serviço de turismo, onde é possível obter informação sobre a vila.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:21

Evoramonte. Cisterna

por Júlia, em 11.12.08

"A Cisterna pública data do séc. XVI e foi construída com o intuito de prevenir uma queda demográfica nesta zona, pois é sabido que até essa data não havia nenhuma fonte de água potável intramuros. Assim, esta seria uma forma de incentivo, permanência e cresimento da população de Evoramonte. A água aqui armazenada provém das águas pluviais e não de nascente. Possui dois bocais exteriores e uma porta de acesso à cisterna em pedra granítica. A base da cisterna fica situada a cerca de 3m abaixo do nível da rua. Possui uma abóbada suportada por 6 arcos, sendo as suas dimensões de 20m de comprimento, 8m de largura e 6m de altura". (Folheto da Junta de Freguesia de Evoramonte)

 

 

Os dois bocais exteriores, pintados de branco, seguindo-se a rampa de entrada para o interior da cisterna, inacessível por ter a porta fechada.

Ao fundo, a Igreja da Misericórdia e, à esquerda, as torres onde se abre a Porta de S. Sebastião.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:09

Casa com porta gótica e cantaria de granito. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:06

Evoramonte. Rua da Misericórdia

por Júlia, em 09.12.08

Das três ruas que se desenvolvem longitudinalmente na Vila Velha, a da Misericóridia é a que se encontra na parte setentrional, limitada a Sul pelo casario e a Norte pelas muralhas. É aqui, num alargamento da rua, que se encontra a cisterna.

 

Casas e a presença constante da Torre-Paço. 

 Igreja da Misericórdia

"Neste pequenino e gracioso templo, construído em data incerta do séc. XVI, existe na nave uma curiosa série de painéis de azulejos do séc. XVIII, sobre as Obras de Misericórdia Espirituais e Temporais. O presbitério é totalmente forrado, incluindo a cobertura, com azulejos do mesmo ciclo, representando temas da Vida Mariana, o Casamento de Ester e a Decapitação de Holofernes. Anexo a este edifício, existe o antigo Hospital da Misericórida, cujo Compromisso da Confraria da Nª. Sra. da Visitação, foi impresso em 1516." (do folheto editado pela Junta de Frequesia de Evoramonte).

Claro que não pude ver nada disto porque a igreja estava fechada, apesar de ter visitado a vila num domingo de manhã.  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:53

Evoramonte. Rua da Carreira

por Júlia, em 08.12.08

A Rua da Carreira desenvolve-se mais ou menos paralela à Rua de Santa Maria, limitada a Sul pela muralha que cinge toda a Vila Velha.

 

 Casas da Rua da Carreira, vendo-se ao fundo, a torre da casa da câmara e, atrás desta, a Torre-Paço.

Entrada das traseiras de uma casa. A cor do xisto contrasta com a parte que foi caiada. Os poiais, também imaculadamente pintados de branco, parecem não servirem mais para os moradores descansarem e apanharem o fresco nas noites de Verão. Agora servem de apoio aos vasos de plantas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:45

Evoramonte. Rua de Santa Maria

por Júlia, em 05.12.08

A Rua de Santa Maria é a principal da vila de Evoramonte. Constituída por casas térreas, com as suas grandes chaminés, mas também por algumas casas com primeiro andar. 

 

 Vista da rua de Leste para Oeste.

 O lado virado a Sul do outro extremo da rua.

A extremidade da rua que confronta com a parte da foto anterior, ou seja, virada a Norte, vendo-se, ao fundo, a Torre-Paço. De notar o afloramento de xisto na base da frontaria da casa em primeiro plano. Suponho que as paredes serão de adobe e foram erguidas a partir do afloramento rochoso. Também se distingue uma casa com porta gótica.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:31

Evoramonte

por Júlia, em 04.12.08

De regresso da região de Lisboa, visitei Evoramonte numa manhã de Novembro. Alcandorada no cimo do monte, rodeada de muralhas, a Vila Velha conta apenas 20 habitantes, segundo informação de um folheto editado pela Junta de Freguesia.

Já foi concelho, mas agora é apenas uma freguesia do concelho de Estremoz. Fazia parte dos domínios do Duque de Bragança.

A Vila Velha, cingida pelas muralhas em forma de triângulo, onde se abrem cinco portas,  é constituída por três ruas principais e que se desenvolvem longitudinalmente entre as Portas do Sol e a do Freixo: a Rua da Carreira, a Sul, a Rua de Santa Maria, ocupando uma posição central, e a Rua da Misericórdia, virada a Norte.

 

Evoramonte, vista a partir da Torre-Paço. A Rua de Santa Maria ocupa a posição central na Vila e desemboca no largo limitado a Oeste pela parte lateral da Igreja Matriz de Santa Maria.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:44

Rosas

por Júlia, em 03.12.08

    

 

Este ano,  as minhas roseiras floriram nestes dias frios de Outono.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 08:24

Azeitonas

por Júlia, em 02.12.08

A minha pequena oliveira tem algumas azeitonas, maduras nesta altura do ano.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 08:21



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D