Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Crato. Campanário da Câmara Municipal

por Júlia, em 31.05.08

Encimando a frontaria do edifício da Câmara Municipal, este campanário ostenta a cruz de Malta, elemento presente na terra que foi sede desta ordem militar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 08:09

Crato. Portas góticas

por Júlia, em 29.05.08

No Crato existem ainda algumas casas com portas góticas. A da foto acima encontra-se na rua de S. Pedro. Durante muito tempo algumas portas foram revestidas de reboco e caiadas ou apenas caiadas. A valorização deste património fez com que algumas fossem limpas e exibam agora o granito de que são feitas.

 

 

Casa restaurada com porta gótica, na Rua da Portela.

 

Na mesma rua, casa recuperada e sede da Junta de Freguesia de Crato e Mártires.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 08:33

Crato. Rua e Torre do Relógio

por Júlia, em 27.05.08

 

A Torre do Relógio está datada do século XV. Situa-se no interior de um quarteirão, só podendo ser vista a parte superior. O relógio está agora parado, mas já serviu em tempos passados para pontuar o tempo, ouvindo-se os sinos por toda a vila. 

Ao lado direito, vê-se a porta lateral da Igreja da Misericórdia. Nesta rua, alternam as casas em mau estado de conservação, com outros já recuperadas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 08:28

Alpalhão. Igreja de Nª Sª da Redonda

por Júlia, em 25.05.08

Estando em Alpalhão, é fácil encontrar o caminho para a igreja, devido à sinalização ali existente. A estrada, embora estreita, está em boas condições e percorre-se facilmente a distância entre a povoação e este local de romaria. A igreja está muito bem cuidada e o espaço envolvente é muito agradável, não faltando um parque de merendas .

 

 A Igreja de Nossa Senhora da Redonda terá sido construída no século XVI e é local de romaria no período pascal. Situa-se num local privilegiado, com uma paisagem muito bonita.

 

 

À esquerda de quem está de frente para a igreja, localiza-se este grande bloco de granito, podendo aceder-se ao cimo por uma escadaria. Na pesquisa que fiz nada encontrei sobre o significado do nome dado à igreja e se tem alguma ligação com  este rochedo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:43

Alentejo em Maio

por Júlia, em 24.05.08

Paisagem alentejana. Vista a partir da aldeia de S. Gregório no dia 24 de Maio de 2008.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:26

Alpalhão. Fonte

por Júlia, em 23.05.08

Fonte em granito, datada de 1932, em frente do edifício da escola.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:28

Alpalhão. Antiga escola

por Júlia, em 21.05.08

Foi uma visita puramente acidental. Não tinha qualquer intenção de passar por Alpalhão, mas as peripécias ligadas à necessidade de encontrar um restaurante levaram-me até esta povoação.

O projecto era visitar o Crato e, eventualmente, algumas das aldeias do concelho. Mas as coisas começaram a correr mal porque fomos no feriado de 25 de Abril e havia uma grande movimentação na vila. Depois de vários contratempos como ter de seguir a passo de caracol atrás de um pelotão de ciclistas, pôs-se o problema do almoço. A primeira opção foi Flor da Rosa. Mas o restaurante estava de tal modo congestionado que logo desistimos. Seguindo uma indicação de quem conhece bem a região, decidimos ir para Gáfete. Só que não apanhámos a estrada certa e fomos parar a Alpalhão.

O restaurante para onde nos dirigimos estava com uma fila de espera que não augurava nada de bom para quem já tinha passado da hora habitual de almoço. Seguimos então o conselho de um habitante da terra para irmos para outro na estrada que liga a Castelo de Vide. Foi uma decisão acertada porque no Apalhoense fomos bem atendidos, a demora foi pouca e a comida estava boa.

 

 

Depois do almoço deu para observar as proximidades do restaurante. Desde logo me chamou a atenção a antiga escola porque me lembrou a que frequentei na instrução primária e que, infelizmente, foi destruída para dar lugar a um prédio moderno. Esta tipologia de escolas, construídas durante a 1ª República,  tinha grandes salas de aula, iluminadas pelas janelas, bem rasgadas na fachada. Também contemplava a residência de professores. O sino é o antepassado das campaínhas eléctricas das escolas actuais.

Muitas delas foram desactivadas. Em Alter do Chão, o grande edifício das escolas já foi quartel de bombeiros e no Crato, a única que resta foi adaptada para ali funcionar a sede da banda filarmónica.

Esta, pelos vestígios observados nas janelas, desempenha ainda funções educativas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 10:30

Coretos 13

por Júlia, em 20.05.08

Coreto de Alpalhão

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:52

Alpalhão. Cruzeiro

por Júlia, em 19.05.08

Cruzeiro em granito construído no século XVI. Numa das faces da cruz uma pequena escultura representando Nossa Senhora da Piedade e na outra Cristo cruxificado. Esta dupla representação é semelhante à do cruzeiro de Cabeço de Vide. No entanto, a dimensão das esculturas é muito menor e não têm a riqueza de pormenores que o mármore permite.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 07:30

Coretos 12

por Júlia, em 16.05.08

Coreto do Crato

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:12

Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D