Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Cromeleque de Almendres

por Júlia, em 18.07.09

Depois da visita ao menir, é preciso andar mais um pouco na estrada de terra batida para chegar ao Cromeleque de Almendres. Aqui é possível estacionar o carro mesmo junto deste impressionante recinto megalítico. Ocupa uma área bastante grande e, encontrando-se no cimo de uma elevação, deste local pode admira-se uma vasta paisagem, podendo, inclusivamente, distinguir-se perfeitamente a cidade de Évora.

 

A placa da Região de Turismo de Évora que se encontra no local permite-nos saber que o povo chamava a este conjunto megalítico o "Alto das Pedras Talhas". É o maior recinto megalítico da Península Ibérica e um dos mais antigos monumentos da Humanidade. Terá sido edificado no Neolítico Antigo, há cerda de 7000 anos. É constituído por cerca de uma centenas de monólitos, alguns deles decorados com gravuras. De planta oval, resultou de acrescentos e remodelações ao longo do tempo. Mas, originalmente, teria a forma de ferradura aberta a nascente como outros recintos megalíticos desta região. A disposição de alguns monólitos coincide com os movimentos astronómicos elementares do Sol e da Lua, marcando equinócios e solstícios.

 

A visão que se tem quando se chega ao recinto megalítico. Entre os monólitos avista-se a cidade de Évora.

Só com uma máquina com grande angular é possível fotografar a totalidade do recinto. Esta é apenas uma visão parcial do conjunto.

Alguns monólitos formando um círculo.

 

Para mais informação, clicar aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 08:32


9 comentários

Imagem de perfil

De A VER NAVIOS a 19.07.2009 às 14:09

Sim senhor.
Cá estive, li, gostei e sobretudo, aprendi.
Bom domingo e boa semana,
José Lopes
Imagem de perfil

De Júlia a 22.07.2009 às 08:56

E é uma sugestão de visita, porque ao vivo é outra coisa.
Cumprimentos
Imagem de perfil

De Luiz a 21.07.2009 às 20:24

Estive para visitar este local (no mesmo dia em que tentei visitar a (fechada!) Gruta do Escoural. Mas acho que me perdi. Não encontrei as placas de indicação.
Para a próxima, vou documentado com um mapa feito a partir da visualização do Google Earth...
Imagem de perfil

De Júlia a 22.07.2009 às 08:55

Nós tomámos a estrada de Montemor-o-Novo para Évora e encontrámos tudo bem sinalizado, de tal modo que não nos enganámos no caminho. O pior foi a estrada de terra batida que, na ida, parecia que tinha o dobro ou o triplo da distância real. No regresso foi mais rápido. Mas vale a pena a visita porque é um conjunto extraordinário, não falando da paisagem...
Sem imagem de perfil

De artesaoocioso a 22.07.2009 às 01:03

Com os meios da época é trabalho de monta!
Cumprimentos
Imagem de perfil

De Júlia a 22.07.2009 às 08:58

É, de facto, um trabalho verdadeiramente espantoso. E as gravuras que consegui ver são igualmente interessantes.
Cumprimentos
Sem imagem de perfil

De JM a 06.08.2009 às 15:56

É de facto um espaço muito especial.
Sugiro um percurso ambiental (pedonal ou bicicleta) que passa pelos Almendres, entre outros monumentos da região megalíticos/romanos/etc...
Site - http://www.evora.net/percursos/monfurado.htm#.

A gruta do Escoural está fechada, devido a uma intervenção que vai requalificar aquele espaço. A data de reabertura é desconhecida.

JM
Imagem de perfil

De JM a 07.08.2009 às 11:25

Ainda sobre os Almendres: http://crookscape.blogspot.com/2009/05/recintos-e-gravuras.html

Belíssimas fotografias nocturnas, documentando a decoração de algumas das «pedras talhas».
Imagem de perfil

De viagensdaminhaterra a 30.09.2013 às 21:58

Este lugar é maravilhoso...As minhas 1as ferias com o marido(então namorado) foi aqui! Boas memorias...Na altura nem fazia ideia de q existira algo assim no nosso pais.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D