Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Safira

por Júlia, em 24.03.09

Todas as vezes que passávamos pela estrada, entre Montemor-o-Novo e Vendas Novas, a placa com o nome da terra, Safira, não deixava de nos atrair e foi ficando adiada durante anos e anos a intenção de a visitar.

No ano passado fiquei a saber que a aldeia de Safira estava abandonada (ver aqui), mas curiosidade levou-me a tentar visitá-la e ver, pelo menos, as suas ruínas.

A seguir a Vendas Novas, percorremos uma estrada estreita, sinuosa e em mau estado, por entre campos cultivados, rebanhos de ovelhas e montados de sobro. Quando finalmente chegámos à aldeia, o que se viu foram algumas casas em ruínas e, no cimo de uma elevação, o que resta de uma igreja de dimensão apreciável. Todo o terreno em volta da antiga aldeia está vedado, existindo uma pequena cancela que dá acesso ao centro. No entanto, às barreiras que o proprietário da terra colocou, vieram juntar-se as silva que se desenvolveram exuberantemente, tornando a visita às ruínas uma tarefa pouco praticável.

 

A torre da igreja domina a paisagem e vêem-se algumas das casas em ruínas que confrontam com a entrada do templo.

 

 

Esta casa encontra-se junto à estrada. No lado esquerdo, entre a vegetação e as paredes da casa, está a cancela que, teoricamente, daria acesso à aldeia.

 

A chaminé da casa anterior, com um belo trabalho na grelha de abertura de saída do fumo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:24


5 comentários

Imagem de perfil

De Luiz a 24.03.2009 às 14:53

É, desde que não haja condições para se viver num local, as pessoas mudam-se para outro. O pior é quando não há condições em nenhum local.

Na aldeia onde vivo, restam uns quantos reformados, mais uns poucos a caminho disso. Quanto à população mais jovem, recentemente ficou quase toda sem trabalho.

E, como estas coisdas nem sempre acontecem só aos outros, também eu estou em vias de ficar nessa situação (com a agravante de que não sou propriamente jovem).

Safira tinha nome de pedra preciosa...

Cumpmts
Sem imagem de perfil

De Sofia Almeida a 08.03.2012 às 16:46

Pois, tem toda a razão. Portanto é precio criar condições para que as pessoas se possam fixar. Eu gostava que me falasse mais da aldeia de Safira.
Também acho um desperdício de potencial estas relíquias, e aquela gente, particularmente os mais idosos abandonados à sua sorte.

A aldeia e as terras circundantes têm donos?

Cumprimentos

Sofia Almeida
Imagem de perfil

De Júlia a 09.03.2012 às 14:50

Sofia,
Só conheci Safira nesta ocasião. Suponho que a aldeia estará dentro de uma propriedade, atendendo às vedações que ali se podem observar. Não sei mais nada sobre a história desta antiga aldeia.
Se consultar o blogue cuja ligação tenho no texto, poderá eventualmente encontrar mais informação sobre esta e outras aldeias do concelho de Montemor-o-Novo.
Cumprimentos
Sem imagem de perfil

De Sofia Almeida a 09.03.2012 às 15:05

Obrigada Júlia

Assim farei...

Um abraço


Sofia Almeida
Sem imagem de perfil

De ana vasconcelos a 04.11.2013 às 16:11

Boa tarde Sofia.
Chegou a saber se Safira é propriedade de alguém?

se me puder responder, agradeço.
obrigada

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D