Sexta-feira, 31 de Julho de 2015

Alcochete 1

De Alcochete tinha a vaga lembrança de passar de carro na rua que acompanha a margem do rio Tejo, em longínquos dias quando, para ir de Lisboa para o Alentejo, se passava, neste caso, pela Ponte 25 de Abril, ou, em alternativa, pela ponte de Vila Franca de Xira.

Num dia de julho visitei esta vila, sede de antigo concelho que, no século XVI pertencia à comarca de Entre Tejo e Odiana e integrava as vastas terras da Ordem de Santiago que abrangiam os concelhos da metade ocidental do Alentejo e, a sul, nesta província, se prolongavam para oriente até à fronteira com Espanha, incluindo o concelho de Mértola.

Na parte mais antiga da vila, não pode deixar de se admirar a igreja, embora só tenha sido possível ver o exterior. Como acontece na maior parte dos casos, estava fechada. Num dia relativamente quente, foi agradável gozar a sombra das árvores do jardim junto da igreja, bem como a vista para a praça com alguns edifícios muito interessantes forrados a azulejo.

igreja.jpg

A igreja e o jardim

casas.jpg

 Casas do largo fronteiro à igreja

 

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 16:32
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Quinta-feira, 8 de Agosto de 2013

Ermida de Nossa Senhora da Conceição


Em Elvas, encastrada nas muralhas seiscentistas e sobre a porta da fortaleza virada a oeste.

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 14:03
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Sábado, 18 de Maio de 2013

Igreja de Flor da Rosa


Edifício muito elegante. Adjacente, a capela que serviu para acolher o túmulo de D. Álvaro Gonçalves Pereira depois da derrocada do mosteiro. O interior é sóbrio mas muito bonito.

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 17:10
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Quinta-feira, 12 de Julho de 2012

Vale de Açor de Cima

Viajar no Alentejo significa percorrer grandes distâncias sem encontrar nenhuma povoação. As aldeias são, em geral, de grandes dimensões. Mas há áreas que constituem exceção, como é o caso do concelho de Mértola, com uma antiga dispersão do povoamento.

Na estrada que liga Portel a Mértola, surge supreendentemente, numa elevação, uma igreja e um pequeno aglomerado de casas. Trata-se de Vale de Açor de Cima. Não se via ninguém por ali.

Na porta da igreja um aviso do padre informava do horário da missa e deixava um número de telemóvel.

Algumas jovens alfarrobeiras, rodeadas de ervas secas, contrastavam com o verde vibrante da vinha.

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 08:37
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
| | partilhar
Sexta-feira, 22 de Abril de 2011

Igreja de Nossa Senhora da Orada

 

Segundo informação existente no local, A Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Orada "foi erigida no século XVIII, de estilo rústico alentejano, feito de raiz exceptuando a sacristia que remonta à época de quinhentos.A frontaria, de empena triangular e janelão marmóreo,é protegida por vulgar alpendre. A fachada lateral norte é flanqueada por potente torre, de cúpula bolbosa e gigante coberto de telha".

 

 

 

 

 

 

Pormenor do gigante lateral da igreja.

 

 

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 08:48
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Sexta-feira, 28 de Maio de 2010

Cano. Igreja

 

Igreja Matriz, ou de Nossa Senhora da Graça, com portal renascentista.

 

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 08:01
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Quarta-feira, 12 de Maio de 2010

Igreja de Alpalhão

 

 

 

Igreja Matriz de Alpalhão. Ressalta o portal em granito da região e o equilíbrio da fachada.

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 08:15
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Segunda-feira, 19 de Abril de 2010

Igreja de Casa Branca

 

Igreja Matriz de Casa Branca, dedicada a Nossa Senhora da Graça. Datada do século XVIII, tem um portal neoclássico em granito. O interior também terá o seu interesse, mas não foi possível visitá-lo porque, como é mais ou menos habitual, as igrejas encontram-se encerradas.

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 08:21
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
| | partilhar
Segunda-feira, 22 de Março de 2010

Arcos. Igreja

 

Segundo informação recolhida no local, a igreja de Arcos, consagrada a Santo António, terá sido fundada no século XV ou início do século XVI.  Há notícias da sua existência no início do século XVI e alguns dos seus elementos são atribuídos a esta época, nomeadamente, o portal de mármore, debaixo do alpendre frontal e os azulejos que se encontram no interior. Não foi possível ver o interior do templo, dado se encontrar encerrado.

Na torre mais baixa, um nicho encerra a imagem de Santo António.

 

O portal de mármore que se encontra debaiso do alpendre.

 

A torre sineira e do relógio.

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 11:53
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
| | partilhar
Sábado, 30 de Janeiro de 2010

S. Bento do Ameixial

Num dia de chuva, de regresso da região de Lisboa, fomos espreitar a aldeia de S. Bento do Ameixial. É uma povoação muito pequena, na qual se destaca a igreja, de arquitectura popular. Provavelmente, a igreja original terá sido acrescentada em cada um dos lados, com as edificações que se vêem na foto, mas que não acompanham toda a parede lateral do templo. As traseiras mantêm a dimensão original e, na frontaria, a fita vertical pintada a azul,  sugere o limite da primitiva igreja.

 

Apesar do dia cinzento, sobressai a brancura das paredes caiadas da igreja.

 

Nas traseiras, em cada um dos ângulos do edifício, a estrutura é reforçada  por estes elementos.

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 08:39
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Segunda-feira, 23 de Novembro de 2009

Ermida de S. Braz

 

Percorrendo a estrada que liga Vila Fernando a Elvas, já bem próximo da cidade, encontra-se uma placa indicando a direcção de S. Braz. Andado cerca de 1km, surge, numa área de olival, esta pequena ermida com evidente traça de cariz popular/rural. Nota-se que foi alvo de obras recentes e, provavelmente, acrescentado o telheiro que protege a porta.

Em frente, encontra-se um cruzeiro de mármore que parece ter peças de épocas diferentes. A base da cruz aparenta ser a mais antiga, estando esculpida na face virada para a ermida uma caveira acompanhada das habituais tíbias cruzadas, como se pode ver na foto seguinte.

 

 

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 08:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
| | partilhar
Sábado, 21 de Novembro de 2009

Igreja do Espírito Santo

 

Situada no largo do mesmo nome, em Castelo Branco. Edifício com o exterior de grande simplicidade, exibindo o material granítico que serviu para a sua construção, sem qualquer reboco a escondê-lo. É evidente o contraste entre a arquitectura popular da Beira e do Alentejo, comparando esta igreja com outras que tenho fotografado na região mais meridional.

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 08:14
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
| | partilhar
Sábado, 2 de Maio de 2009

Igreja de Canha

Canha foi sede de concelho e, segundo o Numeramento de 1527-1532, integrava os domínios da Ordem de Santiago, na Comarca de Entre Tejo e Odiana. Ainda com base nos dados do numeramento, a população era muito reduzida, com apenas 60 moradores (entre 240 a 300 pessoas)  vivendo dispersos no concelho.

A vila, actualmente, assemelha-se a muitas da área de transição entre o Alentejo e o Ribatejo. A igreja matriz distingue-se sobretudo pela dimensão da torre sineira que é, simultaneamente, torre do relógio.

 

 

 

(Para ver mais informação sobre Canha)

 

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 08:41
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Sábado, 4 de Abril de 2009

Alcáçovas, igreja

Quando visito uma povoação, a primeira referência que procuro é a igreja ou o castelo porque é partir deles que, geralmente, se desenvolve o núcleo mais antigo. Também o estilo da igreja nos revela a importância que a terra tem ou já teve em qualquer momento da sua história.

A igreja matriz de S. Salvador de Alcáçovas, reconstruída no século XVI, de arquitectura renascentista, revela que a actual sede de freguesia do concelho de Viana do Alentejo, foi em tempos uma povoação importante. Efectivamente, foi sede de concelho e alguns dos seus edifícios lembram-nos que serviu de residência a gente importante e, além disso, nela ocorrerram factos importantes da História de Portugal. 

 

Igreja matriz de Alcáçovas.

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 08:52
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Terça-feira, 9 de Setembro de 2008

Gavião. Igrejas

Na visita que fiz ao Gavião, a qual não foi tão demorada e minuciosa como desejava, pude ver apenas o exterior destes templos, já que ambos se encontravam fechados.

 

 A Igreja Matriz que, segundo uma placa que se encontra no local, data de 1646.

 

A Capela do Espírito Santo, datada do século XVI, pertence à Santa Casa da Misericórdia. A cruz que remata o telhado quase não se vê, abafada pelas antenas de telecomunicações.

 

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 12:09
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
| | partilhar
Sexta-feira, 8 de Agosto de 2008

Marvão. Igrejas

Igreja de Santiago, iniciada nos séculos XIV e XV, mas com elementos até ao século XVIII. A torre sineira está actualmente coroada de antenas, suponho que de telemóveis.

 

 Na Rua do Espírito Santo, a torre da igreja com o mesmo nome.

 

O portal da Igreja do Espírito Santo de traça renascentista.

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 08:56
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Terça-feira, 15 de Julho de 2008

Igreja de Vila Fernando

Vila Fernando já foi um pequeno concelho, tal como Barbacena, encravado no concelho de Elvas. A povoação é relativamente pequena, sobretudo o núcleo mais antigo. Nela se destaca a Igreja de Nossa Senhora da Conceição. De acordo com uma inscrição nela existente, "esta igreja que já existia no ano de 1320 foi ampliada em 1756 e restaurada em 1949".

 

 

Mais informação sobre esta freguesia pode ser lida aqui.

 

 

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 08:10
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
| | partilhar
Sexta-feira, 11 de Julho de 2008

Alegrete. Duas Torres e Igreja

À direita, uma das torres da fortaleza medieval. À esquerda, a torre do relógio, datada de 1751 e que pertenceria à Casa da Câmara. Entre as duas, a abertura de acesso ao largo onde se localiza a igreja matriz e, a seguir, a igreja da Misericórdia.

 

A Igreja Matriz, datada do século XVI, é de uma grande simplicidade no exterior, simplicidade que se prolonga para o interior, o que não invalida que seja de grande beleza. Foi possível visitá-la porque estava na hora de celebração de um acto litúrgico.

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 10:08
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
| | partilhar
Segunda-feira, 16 de Junho de 2008

Igreja de S. Gregório

No IC 10, entre Arraiolos e o Vimieiro, há uma placa a indicar S. Gregório. A distância da estrada principal até à aldeia é relativamente pequena. Depois de uma ligeira subida, chega-se ao cimo de uma elevação, a qual é coroada pela igreja. A Sul do templo encontra-se o cemitério e para Norte e Oeste estende-se as poucas casas que constituem a aldeia.

Esta é a sede de uma freguesia do concelho de Arraiolos.

"Segundo a lenda, inicialmente, a igreja de São Gregório deveria ser edificada num local próximo da povoação de Aldeia da Serra, onde se começaram as obras. Porém, as pedras assentes durante o dia desapareciam à noite, aparecendo, então, no lugar de S. Gregório. Este facto foi visto como uma vontade do santo, padroeiro dos agricultores, e como aquele lugar era o mais cultivado, ali se edificou a igreja." (História das Freguesias e Concelhos de Portugal).

Ou me engano muito, ou os executores da vontade do santo foram os agricultores de S. Gregório.

 

 A igreja de S. Gregório tem inscrita na fachada a data de 1632. No entanto, terá sido construída em 1524. Visitei a aldeia num dia de Maio, com o céu muito nublado, por vezes escuro e a ameaçar chuva.

 

 Vista das traseiras da igreja e, ao lado esquerdo, o cemitério da freguesia.

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 08:15
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Domingo, 25 de Maio de 2008

Alpalhão. Igreja de Nª Sª da Redonda

Estando em Alpalhão, é fácil encontrar o caminho para a igreja, devido à sinalização ali existente. A estrada, embora estreita, está em boas condições e percorre-se facilmente a distância entre a povoação e este local de romaria. A igreja está muito bem cuidada e o espaço envolvente é muito agradável, não faltando um parque de merendas .

 

 A Igreja de Nossa Senhora da Redonda terá sido construída no século XVI e é local de romaria no período pascal. Situa-se num local privilegiado, com uma paisagem muito bonita.

 

 

À esquerda de quem está de frente para a igreja, localiza-se este grande bloco de granito, podendo aceder-se ao cimo por uma escadaria. Na pesquisa que fiz nada encontrei sobre o significado do nome dado à igreja e se tem alguma ligação com  este rochedo.

 

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 08:43
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Quinta-feira, 3 de Abril de 2008

Igreja Matriz de Santa Eulália

O meu conhecimento da grande aldeia de Santa Eulália era muito superficial. A maior parte das vezes passava ao largo.

Habitualmente, as torres das igrejas sobressaem do conjunto das casas das povoações. Já tinha lido informações sobre a igreja matriz, mas para mim era um mistério a sua localização porque nenhuma torre se destaca no perfil desta grande aldeia do concelho de Elvas. Mesmo tratando-se de uma povoação que está localizada numa área relativamente plana, é normal que as torres sineiras se ergam acima do casario.

Não é difícil, contudo, encontrar esta igreja. Chegando lá, recordei-me de ter visitado a aldeia num dia de festa, com as ruas e a praça engalanadas de flores de papel, como nas Festas do Povo de Campo Maior. Talvez por isso e porque não estava desperta para a ver, me tenha passado despercebida.

 

 

Na informação que consultei, refere-se este templo como tendo sido construído no século XV, embora com modificações posteriores. A porta principal dá para uma estreita rua  e é a parte lateral,  encimada pelas duas grandes torres sineiras, que enquadra um dos lados da praça. 

A fachada principal é muito simples. Achei extraordinários os batentes da porta que podem ser vistos aqui.

 

Porta principal da igreja

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 09:51
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
| | partilhar
Terça-feira, 1 de Abril de 2008

Capela, palmeiras e cruzeiro

Quando se entra em Santa Eulália, vindo de Campo Maior, a primeira imagem é desta capela, anexa ao cemitério. Trata-se da Capelinha de Santo António que, segundo as placas que se encontra na frontaria, foi reformada em 1949 e substituída a cobertura em 2007.

Por isso ela se apresenta imaculada na sua brancura e muito vivas as barras azuis que a enquadram e que encimam o campanário.

 

 

Quando ultrapassamos o portão de acesso ao pátio, surge-nos à direita um cruzeiro de granito, e as duas palmeiras parecem sentinelas a guardar a pequena e simples capela. 

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 08:49
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
| | partilhar
Quinta-feira, 20 de Março de 2008

Cabeço e Vide. Capelas e Igrejas

Capela de Nossa Senhora dos Anjos, reconstruída no século XVIII. Era local de romaria na 2ª feira a seguir à Páscoa.

 

No Largo de Nª. Srª do Carmo esta capela encontrava-se em obras de recuperação, aparentemente para uma função diferente do culto.

 

Igreja de Nª Srª do Carmo, matriz de Cabeço de Vide, com elementos construídos no século XVI. Tem uma inscrição que indica que está à altitude de 336m.

 

Igreja da Misericórdia e Santa Casa da Misericórdia de Cabeço de Vide.

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 09:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
| | partilhar
Quinta-feira, 13 de Março de 2008

Cabeço de Vide. Igreja do Espírito Santo

Do Rossio vêem-se as traseiras da Igreja do Espírito Santo. A frente da igreja dá para um largo que se encontrava em obras (finais de Janeiro de 2008). O edifício, recentemente objecto de recuperação, resplandecia na sua brancura,  constrastando com o azul do céu.

 

 Vista geral da Igreja do Espírito Santo, cuja construção data do século XVI.

À direita vê-se o cruzeiro.

 

 A representação da Igreja do Espírito Santo e do cruzeiro no painel de azulejo da antiga estação de caminho de ferro, hoje ocupada por uma unidade hoteleira. Intencionalmente, deixei na foto parte da inscrição que se encontra por cima do painel: "Norte Alentejo. Onde o tempo é tempo".

 

A torre sineira

 

 O portal de mármore da igreja.

 

O interior da igreja

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 10:09
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
| | partilhar
Sexta-feira, 7 de Março de 2008

Igreja de Alter Pedroso

A igreja de Alter Pedroso ergue-se sobre o afloramento de rochas. Foi construída no século XV e alterada no século XVII, sendo o portal e a torre os elementos de raiz medieval. Foi dedicada a Nossa Senhora das Neves.

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 09:25
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
| | partilhar
Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2008

Igrejas de Fronteira

 Igreja Matriz, construída no século XVI. São impressionantes os gigantes laterais que suportam a cobertura da igreja. O frontão é muito curioso pelos relevos que ostenta, pintados de azul.

 

 Igreja da Misericórdia e Santa Casa da Misericórdia de Fronteira. A construção da igreja é também do século XVI, embora, como no caso da Matriz, com modificações posteriores.

 

Pormenor da Igreja da Misericórdia.

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 09:51
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
| | partilhar
Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2008

Sousel - apontamentos

Sousel é um dos concelhos meridionais do distrito de Portalegre. No século XVI, segundo o Numeramento de 1527-1532, pertencia às terras do Duque de Bragança e tinha 457 moradores, ou seja, cerca de 1800 habitantes.

De acordo com uma estimativa de 2002, o concelho teria 5589 pessoas residentes.

A vila é relativamente pequena. Visitei-a no início de Novembro. A primera impressão foi talvez condicionada pelo estado em que se encontravam as árvores do espaço público, facto que anteriormente já referi

Tem alguns edifícios notáveis, como o convento de Santo António, da Ordem de S. Paulo, edificado no início do século XVII. O conjunto formado pela Igreja Matriz e Igreja da Misericórida e algumas casas apalaçadas também merecem ser vistos. No largo onde se encontra o pelourinho há também alguns edifícios de interesse.

Registei alguns aspectos que me pareceram interessantes.

  

 Passagem estreita que estabelece a ligação entre o Largo da Igreja e a Praça. À esquerda o edifício da Igreja Matriz

 

Alpendre de casa apalaçada

 

A torre da Igreja de Nossa Senhora da Orada. Edificada no século XV e restaurada no século XVIII. O interior é coberto de azulejos que não pude ver porque a porta estava fechada. O adro e a frontaria estavam com muitos fios de electricidade, provavelmente, restos de uma festa que aqui se realizou.

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 10:22
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
| | partilhar
Sábado, 5 de Janeiro de 2008

As três igrejas dos arredores de Monforte

Subindo a encosta em direcção à vila de Monforte, vindo do IP2, ao lado esquerdo da estrada deparamo-nos com três igrejas. Parece que o recinto onde estão situadas estas igrejas foi arranjado há pouco tempo. Liga-as um caminho empedrado, de modo que é possível fazer o circuito entre elas com relativa facilidade. O caminho termina num miradouro, de onde se pode observar uma bela paisagem enquadrando os templos.

No entanto, notam-se muito sinais de vandalismo. Todas as placas que identificam as igrejas foram retiradas. Na página da autarquia apenas vem referenciada a Igreja dde Nossa Senhora do Calvário.

Apesar disso, parece-me interessante ver o conjunto.

  

 Esta é a primeira igreja a que se acede, muito perto da estrada. O portal tem características renascentistas.

 

 Vê-se, à esquerda, o caminho que foi construído para ligar as três igrejas. Esta é a de Nossa Senhora do Calvário.

 

 Pormenor da Igreja de Nossa Senhora do Calvário.

 

Esta é a terceira igreja, situada num ponto mais alto da encosta. As três igrejas formam os vértices de um triângulo, sendo esta a que se encontra a uma altitude superior em relação às outras. É preciso subir um pouco e galgar uma escadaria para lá chegar. Pode notar-se, na fotografia, o pilar que continha a placa identificadora do templo, mas que foi retirada.

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 10:32
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
| | partilhar
Sexta-feira, 21 de Dezembro de 2007

Igrejas de Barbacena

As igrejas que existem em Barbacena justificam-se pelo facto de já ter sido sede de concelho e importante povoação fortificada. Qualquer aldeia ou menos vila da sua dimensão apresenta, em geral, apenas um igreja de características marcadamente rurais. Como já referi noutra ocasião, não é possível visitar o interior destas igrejas a não ser que coincida com as celebrações do culto. Também neste caso, apenas foi possível ver o exterior. Em todo o caso, vê-se que são edifícios que têm merecido algum cuidado dado o seu estado de conservação.

 

Igreja Matriz, construída no século XIII, mas com alterações ao longo do tempo.

 

Igreja do Senhor do Passo

 

Capela de S. Sebastião, hoje casa mortuária.

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 18:14
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
| | partilhar
Quinta-feira, 6 de Dezembro de 2007

Igreja de S. Salvador

A importância de Veiros está também testemunhada na existência de várias igrejas. No largo que se abre encostado à muralha do castelo, existem três igrejas. Conta-se ainda outra, a Igreja de Nossa Senhora da Conceição, numa rua que começa neste largo.

A Igreja Matriz de Veiros, consagrada a S. Salvador, é um edifício de grandes dimensões. Enquadra-se na tipologia das "igreja-salão", inspirada nas hallenkirchens alemãs. 

 

 

A fachada da Igreja de S. Salvador. À esquerda pode ver-se o começo dos edifícios que fecham este lado da praça: as igrejas da Misericórdia e do Senhor dos Passos.

 

O portal da igreja de estilo renascentista

 

Abóbada de tipologia própria do estilo chão (destituído de ornamentos) e colunas toscanas.

 

As igrejas da Misericórdia e do Senhor dos Passos.

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 16:12
link do post | comentar | favorito
| | partilhar

.mais sobre mim

O Entre Tejo e Odiana foi distinguido com o prémio Zé de Mello '09, na categoria Blogosfera Regional. . Agradeço a todos os que votaram. . http://josedemello.blogspot.com/

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Onde estou


Ver mapa maior

.pesquisar

 

.posts recentes

. Alcochete 1

. Ermida de Nossa Senhora d...

. Igreja de Flor da Rosa

. Vale de Açor de Cima

. Igreja de Nossa Senhora d...

. Cano. Igreja

. Igreja de Alpalhão

. Igreja de Casa Branca

. Arcos. Igreja

. S. Bento do Ameixial

. Ermida de S. Braz

. Igreja do Espírito Santo

. Igreja de Canha

. Alcáçovas, igreja

. Gavião. Igrejas

.arquivos

.concelhos e outros temas

. abrantes

. alandroal

. alcochete

. alcoutim

. aldrabas

. alentejo

. alter do chão

. ambiente

. animais

. arraiolos

. arronches

. artesanato

. árvores

. avis

. beiras

. beja

. borba

. caia

. campo maior

. castelo de vide

. castro verde

. coretos

. crato

. culturas

. educação

. elvas

. ericeira

. estremadura

. estremoz

. eventos

. évora

. festas do povo 2011

. festas do povo 2015

. flores

. fontes

. fronteira

. gavião

. igrejas

. jardim

. lisboa

. marvão

. mértola

. monforte

. montemor-o-novo

. montijo

. mora

. moura

. mourão

. música

. nisa

. olivença

. paisagens

. pelourinhos

. pessoal

. plantas

. ponte de sor

. portalegre

. portel

. porto

. postdoano

. póvoa de varzim

. redondo

. reguengos de monsaraz

. rios

. serpa

. setúbal

. sousel

. trás-os-montes

. viana do alentejo

. vidigueira

. vila viçosa

. todas as tags

.favoritos

. Revisitando Serpa - ruas ...

. Choça

. Aldeia de Sande

. Ribeira de Seda, Pisão

. Entre Tejo e Odiana

. Igreja de Santo Aleixo

. Pôr-do-sol sobre a albufe...

. O nascer do Sol no Alente...

.ligações

Estou no Blog.com.pt

.últ. comentários

Lindas as imagens deste blog
Muito bonito, uma árvore num meio urbano...
Que beleza :)
Por acaso esta arvore de flores amarelas dem choro...
Ola,eu tenho essa fruta plantada,o pé esta carrega...
Olá, parabéns pelos artigos! Conte conosco para di...
Parabéns pelo seu bom gosto!
Há procura de cortinas tipicamente alentejanas dei...
Ah e como Évora é bonita... como Portugal é bonito...

.mais comentados

blogs SAPO

.subscrever feeds