Domingo, 10 de Março de 2013

Ponte


Dizem-me que é a ponte internacional mais pequena do mundo. É a ponte sobre a ribeira de Abrilongo, que, neste troço, estabelece a fronteira entre Espanha e Portugal, no concelho de Arronches e liga duas povoações minúsculas: El Marco, do lado espanhol e Marco ou Várzea Grande, do lado português.

9 de Março de 2013

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 16:23
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Segunda-feira, 1 de Março de 2010

Janela

 

Janela com sacada numa casa de Arronches.

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 08:36
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
| | partilhar
Sábado, 27 de Fevereiro de 2010

Candeeiro de rua

 

Supenso da parede de uma casa, em rua de Arronches.

 

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 08:56
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Sexta-feira, 19 de Fevereiro de 2010

Portal manuelino

 

É frequente encontrar no Alentejo portais de igrejas de estilo manuelino talhadas em mármore. O portal lateral da igreja matriz de Arronches tem a particularidade de ser em granito.

Janeiro de 2010.

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 08:18
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Quarta-feira, 17 de Fevereiro de 2010

Fonte do Vassalo

 

Hesitei em publicar esta foto porque já há mais tempo aqui tinha mostrado a Fonte do Vassalo. No entanto, apesar do tempo acinzentado, esta fonte merece bem ser vista as vezes que for possível. Ladeando a fonte encontram-se dois painéis de azulejos em azul e branco, figurativos,

Segundo informação do portal da Câmara Municipal de Arronches, a fonte é "uma construção do Sec. XVIII encimada pelo escudo de Portugal, com dois painéis de azulejos retratando cenas da vida agrícola e os lazeres da fidalguia. Construida nos subúrbios da Vila, é de alvenaria e granito no gosto clássico da época."

 

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 08:28
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
| | partilhar
Segunda-feira, 15 de Fevereiro de 2010

Fonte do Vassalo

 

Pormenor da bica e dos tritões esculpidos em mármore da bela Fonte do Vassalo, em Arronches.

Janeiro de 2010.

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 08:51
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
| | partilhar
Sábado, 13 de Fevereiro de 2010

Porta

Velha porta de uma casa em Arronches

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 08:50
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
| | partilhar
Quinta-feira, 11 de Fevereiro de 2010

Fonte em Arronches

 

 

 

 

Ao lado, pormenor da carranca que enquadra a  antiga bica da fonte, substituída por uma moderna torneira.

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 08:31
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Terça-feira, 9 de Fevereiro de 2010

Janela florida

 

Janela do 1º andar de uma casa em Arronches.

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 08:30
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Sexta-feira, 5 de Fevereiro de 2010

Casas de Arronches

 

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 08:14
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
| | partilhar
Segunda-feira, 1 de Fevereiro de 2010

Janela

 

Janela que já foi porta, enquadrada por cantaria em granito e com vasos de plantas no parapeito.  De notar que a placa com o número de polícia se mantém por cima da porta que se transformou em janela.

Em Arronches, Janeiro de 2010.

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 08:15
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Quinta-feira, 28 de Janeiro de 2010

Porta

Porta antiga de uma casa de Arronches

 

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 08:34
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Domingo, 24 de Janeiro de 2010

Porta

Porta de uma casa, em Arronches

 

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 08:32
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
| | partilhar
Sexta-feira, 22 de Janeiro de 2010

Rio Caia

O Rio Caia e a Ponte do Crato em Arronches.

 

Mais a jusante, no Baldio, o rio espraia-se e corre rápido na área onde começa a albufeira. Aqui foi construída uma nova ponte e é um dos pontos de observação de garças.

 

No Baldio, ao lado da nova está a antiga ponte, onde pode ver-se o que terá sido o leito natural do rio.

 

17 de Janeiro de 2010

 

concelhos e outros temas: , ,
publicado por Júlia às 11:36
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
| | partilhar
Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2007

Portas e janelas de Arronches

       

 Porta ogivais, testemunho do período medieval.

 

 Janela dupla com sacada

 A beleza da simplicidade e o gosto pelas plantas

 

Isto não é uma janela, mas uma abertura na fachada da Santa Casa da Misericórdia onde se encaixava a roda dos expostos e que servia para a deposição das crianças enjeitadas. Provavelmente a roda seria como esta que estava exposta, em Março,  como peça do mês quando visitei o Museu de Olivença.

 

 Roda dos expostos do Museu de Olivença

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 11:19
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
| | partilhar
Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2007

Torres de Arronches

A vila de Arronches situa-se numa elevação. Quando nos aproximamos da vila, destacam-se os vértices das torres sineiras de três edifícios muito próximos: a Igreja Matriz, os Paços do Concelho e a Santa Casa da Misericórdia. Ver aqui.

 

Torre da Igreja Matriz. A igreja actual foi construída no século XVI e classificada Monumento Nacional em 1922.

  

                 

  A torre dos Paços do Concelho e a torre da Igreja da Misericórdia.

 

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 15:52
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
| | partilhar
Segunda-feira, 26 de Novembro de 2007

Casas de Arronches

Há lugares onde retornamos e que nos surpreendem com novas descobertas. Há pormenores que nos escaparam da anterior visita e que agora constituem uma novidade. São novas perspectivas que nos surgem de acordo com o vagar com que percorremos as ruas e praças.

Arronches é uma vila que tenho vistado com alguma frequência. Neste dia, a visita foi mais demorada e pude observar com mais cuidado alguns aspectos da vila.

Estou certa de que, quando lá voltar, irei descobrir mais centros de interesse.

 

 

Espreitando a rua através do arco

 

Torre medieval e Casa da Cadeia

 

Casa  de Arronches

 

Edifício do cineteatro, em avançado estado  de degradação.

Nota: a informação que aqui deixei sobre este edífício está errada: segundo esclarecimento de um comentador anónimo, trata-se da Igreja do Espírito Santo e foi restaurada depois que visitei Arronches.

 

Telhado e para lá dele.

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 12:03
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
| | partilhar
Domingo, 18 de Novembro de 2007

Fontes de Arronches

Fontes localizadas no casco urbano da vila de Arronches, todas construídas em mármore. Fora da vila, destaca-se a Fonte do Vassalo.

 

Fonte de Elvas, datada de 1725

 

       

Fonte de Norton  e Fonte de Neptuno

 

 

Carranca da fonte de Norton

 

Carranca da fonte de Neptuno

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 09:02
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
| | partilhar
Quarta-feira, 7 de Novembro de 2007

Esperança

Saímos de Mosteiros em direcção a Esperança.

Esperança é uma aldeia sede de freguesia com o mesmo nome que pertence ao concelho de Arronches. Nela se destaca a Igreja de Nossa Senhora da Esperança, cuja construção data do século XVII.

As casas mais antigas apresentam as características da arquitecuta popular alentejana. Nalgumas de construção mais recente há uma nota original: possuem placas evocativas da data de construção e o nome dos proprietários.

Neste domingo havia grande movimento na aldeia. Realizava-se um mercado que atraía gente de fora, vendo-se, inclusivamente, muitos automóveis com matrícula espanhola.

 

A Igreja de Nossa Senhora da Esperança num largo onde se observam casas baixas, de arquitectura tradicional. A torre domina a aldeia e destaca-se, na frontaria, encimando o portal e a janela, um delicado e gracioso relevo decorativo, pintado a amarelo.

 

 Casas tradicionais situadas no largo da Igreja. Destacam-se pelas grandes chaminés e pela ausência de janelas. As paredes cegas só são interrompidas pela abertura das portas.

 

 Casas tradicionais recuperadas recentemente, localizadas ao longo da estrada que ladeia a igreja. Nas fachadas já existem janelas e há um forte sublinhado no contorno colorido que rodeia as aberturas e os limites das casas.

 

As portas e janelas de algumas casas são rodeadas na parte superior com relevos pintados, como é o caso desta porta.

 

Uma porta metálica, moderna, com elementos decorativos sublinhando  a parte superior da abertura.

 

Na estrada que conduz a Hortas de Baixo, junto às últimas casas do aglomerado, há um terreno onde se encontram estes belos exemplares de sobreiros (Quercus suber L.) . Foram descortiçados este ano.  Como a aldeia está integrada no Parque Natural da Serra de S. Mamede, suponho que serão árvores referenciadas e protegidas.

 

Fotos: 28 de Outubro de 2007

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 13:55
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
| | partilhar
Segunda-feira, 5 de Novembro de 2007

Mosteiros

Depois da Nave Fria, chegámos a uma pequena aldeia chamada Mosteiros, sede da freguesia com o mesmo nome e que pertence ao concelho de Arronches. Fica situada junto à Ribeira de Arronches.

 

Antes de se entrar na povoação, existe um açude na Ribeira de Arronches e as margens foram arranjadas para criar uma área de lazer para a população.

 

A escola do 1º ciclo do ensino básico, onde foram concretizadas experiências pedagógicas importantes pela Escola Superior de Educação de Portalegre. O edifício do plano dos centenários está irrepreensivelmente cuidado e foi ampliado recentemente.

Não reparei no catavento da escola que, felizmente, já foi fotografado. É semelhante ao de muitas outras escolas alentejanas, mas tem a particularidade de ter sido pintado com várias cores.

 

Fotos: 28 de Outubro de 2007

 

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 14:04
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
| | partilhar
Domingo, 4 de Novembro de 2007

Nave Fria

Saímos com a intenção de visitar as aldeias do extremo Sul do Parque Natural da Serra de S. Mamede. Quando chegámos a Arronches, virámos para a estrada que conduz a Esperança. A primeira povoação assinalada no mapa é Martim Tavares. Verificámos que se trata afinal de um aglomerado de edifícios, sede de uma exploração agrícola, a qual se encontra rodeada por uma cerca e com portão de entrada fechado.

A seguir, deixámos a estrada que nos conduzia directamente a Esperança e virámos para uma estrada que liga à povoação de Nave Fria. Percorremos uma área relativamente plana, onde predomina o montado. Vêem-se alguns povoamentos novos de sobreiros.

A seguir à placa que indica a entrada de Nave Fria, deparamos com uma área de povoamento disperso.

 

Uma das casas de Nave Fria

 

Paisagem vista da estrada. Pequenas oliveiras e a serra coberta de montado

 

Num muro da casa, uma figueira-da-índia (Opuntia ficus-indica (L.) Mill) com figos.

 

Fotos:28 de Outubro de 2007

 

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 09:05
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
| | partilhar
Sexta-feira, 20 de Julho de 2007

Fontes

As fontes desempenharam uma função muito importante para as populações até à instalação dos sistemas de distribuição de água ao domicílio. Asseguravam o abastecimento de água e tinham também uma função de relação, pois eram o ponto de encontro das pessoas e o local onde se sabiam as novidades da terra. Na construção de algumas delas não foi descurado o aspecto artístico.

Estas são algumas de terras alentejanas.

 

 

 Évora

 

 Estremoz

 

 Estremoz

 

Borba

 

            

 Montemor-o-Novo

 

 Montemor-o-Novo

 

Campo Maior

 

 Campo Maior

 

Arronches

publicado por Júlia às 11:22
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
| | partilhar
Sábado, 7 de Julho de 2007

Rio Caia

Lamentavelmente, a entidade responsável pela construção e gestão das estradas, deixou de colocar placas identificadoras do nome dos rios nas pontes  que os transpõem. Nalgumas pontes mais antigas ainda existem pequenas placas que identificam os respectivos rios. Nas auto-estradas também houve a preocupação de colocar placas de dimensões consideráveis com os nomes dos cursos de água.

Este problema podia ser compensado com a consulta dos mapas itinerários, os quais, dada a sua escala, não resolvem nada porque não identificam todos os cursos de água, somente os mais importantes.

Existe uma ponte junto a Arronches, na estrada que segue para Campo Maior, sobre o Rio de Arronches que não tem qualquer elemento de identificação que satisfaça a curiosidade ou o interesse de quem por ali passa.  Este rio é afluente do Rio Caia, ao qual se junta a pouca distância da ponte. A não identificação pode induzir em erro, confundindo-o com o Caia.

Já a ponte sobre o Rio Caia é das que foi construída quando ainda havia a boa prática de colocar as placas com o nome do rio.

 

 

 

Ponte de Arronches sobre o Rio Caia

 

 

Reflexos nas águas calmas do rio

 

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 13:18
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
| | partilhar
Sexta-feira, 29 de Junho de 2007

Tritões

Na mitologia da Antiguidade Clássica, Tritão era um ser marinho que habitava o fundo do mar,  filho de Poséidon e de Anfitrite.

 

Encontra-se representado nestas duas fontes.

 

        

 

A primeira faz parte do conjunto da monumental Fonte das Bicas, em Borba, toda em mármore. Da boca do tritão sai uma bica por onde a água corre para o tanque.  Existem dois tanques destes, um de cada lado do tanque principal. Este é o do lado esquerdo, cujo tritão está intacto, ao contrário do que se encontra à direita que foi danificado.   

A segunda é a Fonte do Vassalo em Arronches que tem dois tritões também de mármore, entrelaçados, cuja cabeça se situa simetricamente em relação à bica.

 

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 14:02
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
| | partilhar
Terça-feira, 12 de Junho de 2007

Noras

 

As noras, herdadas dos muçulmanos que viveram nestes territórios, faziam parte da paisagem das hortas que rodeavam as povoações. Serviam para, através de um mecanismo elevar a água dos poços através de recipientes, os alcatruzes (copos é como se designam no Norte), que a vertiam em caleiras que a conduziam a um tanque. Era a partir deste que a água era distribuída pelos campos através de regos.

As bombas de água tornaram as noras obsoletas, as quais permanecem no campo, mais ou menos bem conservadas, como relíquias de um tempo passado. 

As duas noras que fotografei era accionadas por animais, geralmente, burros ou muares. Presos à peça que sai do eixo, de olhos vendados, iam caminhando à roda do poço, numa viagem sem fim para lado nenhum.

 

 

 

Nora numa quinta dos arredores de Campo Maior

 

 

Nora junto à ponte do Rio de Arronches, em Arronches.

 

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 19:21
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
| | partilhar
Sexta-feira, 8 de Junho de 2007

Igreja de Nª. Sª. da Luz

Já tinha visitado várias vezes Arronches, embora sem ser de modo exaustivo. Conhecia a Igreja Matriz e  o largo onde se localiza e algumas ruas. Recentemente, entrei de passagem, vinda de Portalegre e, num pequeno largo deparei com uma igreja e um conjunto de casas interessantes. Embora esteja no local uma placa identificadora do monumento, ela está de tal modo apagada que foi preciso perguntar a um habitante o nome da igreja que me tinha impressionado pela harmonia das formas.  

A Igreja de Nossa Senhora da Luz, em Arronches, foi construída no século XVI no local onde antes existiu uma ermida com a mesma evocação a Nossa Senhora da Luz. Estava anexa ao Convento dos Religiosos Agostinhos Descalços, mas, quando da extinção das ordens religiosas masculinas, no século XIX, foi vendida a particulares.

O templo surpreende pela beleza que evidencia. Não foi possível visitar o interior por se encontrar fechado na altura em que visitei Arronches.

 

 

  Igreja de Nossa Senhora da Luz, destacando-se os elementos em granito da sua estrutura, com especial relevo para as colunas e arcos de volta redonda da entrada do alpendre ou galilé  

 

 

Do interior do alpendre, vista sobre o casario da vila.

 

 

          

Pórtico principal renascentista, em mármore, destacando-se os medalhões com bustos e  encimado por um frontão com a representação de uma concha.

 

 

 

O pórtico lateral é também renascentista, mas com decoração mais simples que o pórtico principal.

 

concelhos e outros temas: ,
publicado por Júlia às 08:48
link do post | comentar | favorito
| | partilhar

.mais sobre mim

O Entre Tejo e Odiana foi distinguido com o prémio Zé de Mello '09, na categoria Blogosfera Regional. . Agradeço a todos os que votaram. . http://josedemello.blogspot.com/

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Onde estou


Ver mapa maior

.pesquisar

 

.posts recentes

. Ponte

. Janela

. Candeeiro de rua

. Portal manuelino

. Fonte do Vassalo

. Fonte do Vassalo

. Porta

. Fonte em Arronches

. Janela florida

. Casas de Arronches

. Janela

. Porta

. Porta

. Rio Caia

. Portas e janelas de Arron...

.arquivos

.concelhos e outros temas

. abrantes

. alandroal

. alcochete

. alcoutim

. aldrabas

. alentejo

. alter do chão

. ambiente

. animais

. arraiolos

. arronches

. artesanato

. árvores

. avis

. beiras

. beja

. borba

. caia

. campo maior

. castelo de vide

. castro verde

. coretos

. crato

. culturas

. educação

. elvas

. ericeira

. estremadura

. estremoz

. eventos

. évora

. festas do povo 2011

. festas do povo 2015

. flores

. fontes

. fronteira

. gavião

. igrejas

. jardim

. lisboa

. marvão

. mértola

. monforte

. montemor-o-novo

. montijo

. mora

. moura

. mourão

. música

. nisa

. olivença

. paisagens

. pelourinhos

. pessoal

. plantas

. ponte de sor

. portalegre

. portel

. porto

. postdoano

. póvoa de varzim

. redondo

. reguengos de monsaraz

. rios

. serpa

. setúbal

. sousel

. trás-os-montes

. viana do alentejo

. vidigueira

. vila viçosa

. todas as tags

.favoritos

. Revisitando Serpa - ruas ...

. Choça

. Aldeia de Sande

. Ribeira de Seda, Pisão

. Entre Tejo e Odiana

. Igreja de Santo Aleixo

. Pôr-do-sol sobre a albufe...

. O nascer do Sol no Alente...

.ligações

Estou no Blog.com.pt

.últ. comentários

No mês de Novembro visitei o interior desta fortal...
Jardins com arte e muito trabalho. As fotos mostra...
Lindas as imagens deste blog
Muito bonito, uma árvore num meio urbano...
Que beleza :)
Por acaso esta arvore de flores amarelas dem choro...
Ola,eu tenho essa fruta plantada,o pé esta carrega...
Olá, parabéns pelos artigos! Conte conosco para di...
Parabéns pelo seu bom gosto!

.mais comentados

11 comentários
7 comentários
6 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
3 comentários
3 comentários
blogs SAPO

.subscrever feeds