Sexta-feira, 11 de Abril de 2008

Represa

Nas minhas travessias do Alentejo, vou reparando em placas que nos chamam a atenção e que suscitam o desejo de visitar alguns lugares. Numa destas viagens, na estrada entre Arraiolos e Montemor-o-Novo, não resistimos ao apelo das placas que indicavam as seguintes localizações: Menires da Pedra Longa e Represa. Decidimos que, desta vez é que iríamos ver os menires. Usando uma expressão que acho muito curiosa, utilizada num guia da Região de Turismo de S. Mamede para caracterizar algumas estradas da região, tomamos a "estreita fita de alcatrão" que nos devia conduzir aos referidos menires.

De cada lado da estrada, as cercas limitam as propriedades e passámos pela entrada de uma herdade chamada da Pedra Longa, mas que tinha o portão fechado. Continuámos o caminho na esperança de ver finalmente uma indicação para os menires. No fim da estrada apareceu-nos um sinal de sentido proibido e a indicação de que, a partir dali, nos encontrávamos em propriedade privada. Tínhamos chegado a Represa, uma pequena aldeia. Para não infringir a indicação, fui a pé ter com uma senhora que estendia roupa junto de uma das casas. Disse-me então que o menir da Pedra Longa só podia ser visitado quando o portão da herdade estava aberto. Parece-me inacreditável que, na placa que existe na estrada principal, não haja uma indicação avisando que o monumento megalítico se encontra em propriedade privada, estando, por isso, condicionado o acesso ao mesmo.

Para não perder completamente os passos dados, pedi para dar uma volta pelo lugar. No início, e isolado do resto do aglomerado, destaca-se logo o edifício da antiga escola primária.

 

 

 A cancela de entrada na escola ainda se encontra no lugar, mas a vedação já não existe. Atrás do edifício podem ver-se as casas da antiga aldeia. Um elemento me chamou desde logo a atenção: no espelho das aldrabas da porta destaca-se a cruz de Santiago de Espada.

 

 No pequeno aglomerado surge o perfil imponente da Igreja de Nossa Senhora da Purificação de Represa que, segundo informação que recolhi, a sua construção data dos séculos XVI-XVIII . A  porta principal é antecedida de um nartex abobadado.

 

 Na fachada das traseiras da igreja encontra-se este curioso elemento em relevo. Tal como na escola primária, aparece desenhada a cruz de Santiago de Espada.

 

 De dentro do nartex , vista para um campo cultivado de tremoço que se encontrava cheio de flores e, um pouco mais além, o montado.

 

 

Em frente da igreja, um cruzeiro e os campos a perder de vista.

 

Nota: mais fotos da igreja e informação sobre a mesma no blogue Pedra da Manteiga.

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 08:42
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
2 comentários:
De estreladosul a 12 de Abril de 2008 às 00:22
"Nenhum caminho é longo demais
quando um amigo nos acompanha"

Um optimo fim de semana

Abraço amigo

Mario Rodrigues
De Júlia a 12 de Abril de 2008 às 11:01
E sempre se podem descobrir coisas interessantes.
Abraço
Júlia

Comentar post

.mais sobre mim

O Entre Tejo e Odiana foi distinguido com o prémio Zé de Mello '09, na categoria Blogosfera Regional. . Agradeço a todos os que votaram. . http://josedemello.blogspot.com/

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Onde estou


Ver mapa maior

.pesquisar

 

.posts recentes

. Jardim de papel 4

. Jardim de papel 3

. Jardim de papel 2

. Jardim de papel 1

. Animais

. Chaminé em Campo Maior

. Monumento a Eça de Queiro...

. Pelourinho da Póvoa de Va...

. Mar

. Oliveira

. Orquídeas

. Rosa do meu jardim

. Passeando por Lisboa

. Árvore

. Lisboa moderna

.arquivos

.concelhos e outros temas

. abrantes

. alandroal

. alcochete

. alcoutim

. aldrabas

. alentejo

. alter do chão

. ambiente

. animais

. arraiolos

. arronches

. artesanato

. árvores

. avis

. beiras

. beja

. borba

. caia

. campo maior

. castelo de vide

. castro verde

. coretos

. crato

. culturas

. educação

. elvas

. ericeira

. estremadura

. estremoz

. eventos

. évora

. festas do povo 2011

. festas do povo 2015

. flores

. fontes

. fronteira

. gavião

. igrejas

. jardim

. lisboa

. marvão

. mértola

. monforte

. montemor-o-novo

. montijo

. mora

. moura

. mourão

. música

. nisa

. olivença

. paisagens

. pelourinhos

. pessoal

. plantas

. ponte de sor

. portalegre

. portel

. porto

. postdoano

. póvoa de varzim

. redondo

. reguengos de monsaraz

. rios

. serpa

. setúbal

. sousel

. trás-os-montes

. viana do alentejo

. vidigueira

. vila viçosa

. todas as tags

.favoritos

. Revisitando Serpa - ruas ...

. Choça

. Aldeia de Sande

. Ribeira de Seda, Pisão

. Entre Tejo e Odiana

. Igreja de Santo Aleixo

. Pôr-do-sol sobre a albufe...

. O nascer do Sol no Alente...

.ligações

Estou no Blog.com.pt

.últ. comentários

Jardins com arte e muito trabalho. As fotos mostra...
Lindas as imagens deste blog
Muito bonito, uma árvore num meio urbano...
Que beleza :)
Por acaso esta arvore de flores amarelas dem choro...
Ola,eu tenho essa fruta plantada,o pé esta carrega...
Olá, parabéns pelos artigos! Conte conosco para di...
Parabéns pelo seu bom gosto!
Há procura de cortinas tipicamente alentejanas dei...

.mais comentados

20 comentários
17 comentários
15 comentários
14 comentários
14 comentários
14 comentários
12 comentários
blogs SAPO

.subscrever feeds