Segunda-feira, 31 de Março de 2008

Campo Maior. Portas antigas

Porta com duas meias portas, semelhante à que fotografei em Elvas. No entanto, está melhor conservada e o modo como está pintada permite bem distinguir a parte superior da inferior. De notar a delicadeza do pano bordado que serve de cortina.

 

             

       

Porta assimétrica, com um painel fixo e outro onde se encaixa a porta propriamente dita e um postigo na parte superior, protegido por uma elaborada grade de ferro forjado.

 

          

 

Pormenor da grade de protecção do postigo da porta. Repare-se no pormenor da roseta e do espigão.

 

        

 

Outra porta com dois postigos protegidos por grades de ferro forjado com roseta no meio.

 

 

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 11:32
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
7 comentários:
De paredes cardoso a 31 de Março de 2008 às 19:18
Olá Júlia,
Admirável a protecção em ferro com roseta e espigão.
Na minha região nunca observei algo semelhante.
Bastante singular.

Um abraço
De Júlia a 1 de Abril de 2008 às 10:57
Olá Ana, também não conheço estas protecções noutras terras. Suponho que tem a ver com a quantidade de oficinas de ferreiro que existiram em Campo Maior até meados do século XX. A última oficina fechou há relativamente pouco tempo. Muito do trabalho em ferro forjado que se vê ainda por aqui é de produção local.
Um abraço
De estreladosul a 1 de Abril de 2008 às 01:40



A 1ª eu conheço, uma tipica porta alentejana.

Lembrar dos amigos
não se torna um compromisso
mas um impulso que não
coseguimos controlar.

Uma optima semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues
De Júlia a 1 de Abril de 2008 às 11:01
Olá Mário,
A 1ª porta era bastante vulgar por estas terras, mas está a desaparecer, substituída por portas modernas, geralmente feitas em alumínio.
As outras são muito características aqui da terra.

Agradeço a visita e as suas sempre amigas e poéticas palavras. O seu blogue continua lindo.
Bj
Júlia
De Rosa Guerreiro Dias a 8 de Abril de 2008 às 16:34
Fico feliz por ver que o meu povo, povo de Campo Maior, mantém em bom estado as formosas portas antigas, tratando-as, fazendo sua manutenção, os batentes, os puxadores e até algumas aldrabas, vestigios de tempos idos.
Parabens Campo Maior.
Abraço da amiga Rosa Dias
De Três da Madrugada a 19 de Agosto de 2008 às 11:20
Boas queria convida-lo a passar no novo Blog sobre Campo Maior www.meucampomaior.blogspot.com , poderíamos fazer uma parceria, eu divulgaria o seu Blog e você o meu. que diz?
Sei que este não é o local indicado, para uma proposta desta índole, porém não arranjei outra forma de o fazer, desde já as minhas desculpas.


Quando ao Post, está bem conseguído, muitos detalhes passam-nos ao lado. Repare no centro da vila, nas partes mais altas das casas, vai achar detalhes simplesmente geniais.

Cumprimentos
De Júlia a 19 de Agosto de 2008 às 18:06
Agradeço a informação sobre o seu blogue. Acabei de o visitar e vejo que tem intenção de discutir os problemas da terra, o que é de louvar.
No entanto, como deve ter verificado, este meu blogue não é sobre Campo Maior, mas sobre as terras do Alentejo que vou visitando e fotografando. Campo Maior é apenas uma delas.
Nunca tive intenção de fazer um blogue sobre a vila porque depressa se esgotaria e não tenho intenção de entrar no comentário do que cá se passa, tema que me interessa muito pouco ou mesmo nada.
Cumprimentos

Comentar post

.mais sobre mim

O Entre Tejo e Odiana foi distinguido com o prémio Zé de Mello '09, na categoria Blogosfera Regional. . Agradeço a todos os que votaram. . http://josedemello.blogspot.com/

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Onde estou


Ver mapa maior

.pesquisar

 

.posts recentes

. Oliveiras

. Outono no rio

. Outono

. Bancos

. Oliveira

. Jardim de papel 4

. Jardim de papel 3

. Jardim de papel 2

. Jardim de papel 1

. Animais

. Chaminé em Campo Maior

. Monumento a Eça de Queiro...

. Pelourinho da Póvoa de Va...

. Mar

. Oliveira

.arquivos

.concelhos e outros temas

. abrantes

. alandroal

. alcochete

. alcoutim

. aldrabas

. alentejo

. alter do chão

. ambiente

. animais

. arraiolos

. arronches

. artesanato

. árvores

. avis

. beiras

. beja

. borba

. caia

. campo maior

. castelo de vide

. castro verde

. coretos

. crato

. culturas

. educação

. elvas

. ericeira

. estremadura

. estremoz

. eventos

. évora

. festas do povo 2011

. festas do povo 2015

. flores

. fontes

. fronteira

. gavião

. igrejas

. jardim

. lisboa

. marvão

. mértola

. monforte

. montemor-o-novo

. montijo

. mora

. moura

. mourão

. música

. nisa

. olivença

. paisagens

. pelourinhos

. pessoal

. plantas

. ponte de sor

. portalegre

. portel

. porto

. postdoano

. póvoa de varzim

. redondo

. reguengos de monsaraz

. rios

. serpa

. setúbal

. sousel

. trás-os-montes

. viana do alentejo

. vidigueira

. vila viçosa

. todas as tags

.favoritos

. Revisitando Serpa - ruas ...

. Choça

. Aldeia de Sande

. Ribeira de Seda, Pisão

. Entre Tejo e Odiana

. Igreja de Santo Aleixo

. Pôr-do-sol sobre a albufe...

. O nascer do Sol no Alente...

.ligações

Estou no Blog.com.pt

.últ. comentários

No mês de Novembro visitei o interior desta fortal...
Jardins com arte e muito trabalho. As fotos mostra...
Lindas as imagens deste blog
Muito bonito, uma árvore num meio urbano...
Que beleza :)
Por acaso esta arvore de flores amarelas dem choro...
Ola,eu tenho essa fruta plantada,o pé esta carrega...
Olá, parabéns pelos artigos! Conte conosco para di...
Parabéns pelo seu bom gosto!

.mais comentados

20 comentários
17 comentários
15 comentários
15 comentários
14 comentários
14 comentários
12 comentários
blogs SAPO

.subscrever feeds