Quarta-feira, 5 de Março de 2008

Alter Pedroso

Alter Pedroso pertence actualmente ao concelho de Alter do Chão, ficando a cerca de 3km da vila.

A estrada percorre uma superfície relativamente plana, mas que se ergue abruptamente quando nos aproximamos da povoação. Embora sem grande rigor, porque o único documento que tenho disponível é o Mapa Geológico na escala 1:500.000, Alter Pedroso situa-se num afloramento de rochas eruptivas ante-hercínicas, rodeado por formações mais recentes, correspondentes ao Paleozóico. As rochas que se podem observar são, portanto, das mais antigas da Península Ibérica.

A sua posição alcandorada no cimo de um monte limitou a sua condição de sede de concelho, que ainda detinha no século XVI. Numa área mais plana cresceu a vila de Alter do Chão, num processo muito semelhante ao que determinou a decadência de vilas como Monsaraz, e o desenvolvimento de Reguengos de Monsaraz, ou, na Estremadura, de Ourém, por Vila Nova de Ourém.

Alter Pedroso foi sempre uma pequena povoação. No século XVI tinha apenas 18 moradores, ou seja, entre 72 e 90 habitantes e, actualmente, tem 96 habitantes.

 

O caminho permite levar o automóvel até ao ponto mais elevado, indicado pelo marco geodésico. Aqui se encontram restos do castelo medieval, datado do século XIII e as ruínas da pequena capela de S. Bento. Vale a pena subir ao cimo do monte e aceder ao miradouro que rodeia o marco geodésico e admirar a paisagem que se desenvolve para o quadrante Norte. Vêem-se as vilas de Alter do Chão, Crato e a cidade de Portalegre pontuando uma imensa área de montados e de campos de cultura. Destaca-se, para Nordeste, a Serra de S. Mamede. (ver aqui)

 

 Restos da muralha e de uma torre do castelo medieval.

 

 A única porta gótica que ainda existe.

 

A azinhaga de acesso ao castelo. Quase podemos imaginar o som dos cascos dos cavalos subindo este caminho em direcção à fortificação.

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 09:24
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
6 comentários:
De Ana Paredes Mendes a 6 de Março de 2008 às 08:10
Bons registos fotográficos Júlia! Apenas conheço Alter do Chão embora nunca tenha 'explorado' a vila em questão.
Passando a porta do castelo medieval de Alter Pedroso, devemos entrar num mundo de fantasia...;)
Abraço!

De Júlia a 6 de Março de 2008 às 12:16
Ana, para mim, Alter Pedroso foi uma surpresa. Não conhecia e gostei muito. É um miradouro fantástico e, como a povoação é muito pequena, percorri-a demoradamente. Além do que se pode observar, é também o silêncio que, nas ruínas do castelo, até dá para fantasiar, como muito bem diz.
Acho que valeu a pena lá ir.
Retribuo o abraço
De daplanicie a 6 de Março de 2008 às 12:38
Tem graça que embora estivesse ali tão perto, nunca fui a Alter Pedroso e afinal tem o seu encanto!!
Beijinhos
De Júlia a 7 de Março de 2008 às 11:56
Como já disse antes, também não conhecia Alter Pedroso. Vale a pena uma visita.
Bom fim de semana
Beijinho
De Anónimo a 22 de Maio de 2010 às 01:53
Olha é a minha aldeia!!! Alter de Pedroso é uma terra linda, uma aldeia branquinha com numa colina da planicie vasta alentejana. Tudo em pequeno, mas de grande valor!!!
De Anónimo a 21 de Dezembro de 2010 às 11:44
Alter Pedroso é maravilhoso, é a terra dos meus pais e destino de férias de verão durante vários anos... ainda hoje é um espectaculo lindo.....

Comentar post

.mais sobre mim

O Entre Tejo e Odiana foi distinguido com o prémio Zé de Mello '09, na categoria Blogosfera Regional. . Agradeço a todos os que votaram. . http://josedemello.blogspot.com/

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Onde estou


Ver mapa maior

.pesquisar

 

.posts recentes

. Jardim de papel 4

. Jardim de papel 3

. Jardim de papel 2

. Jardim de papel 1

. Animais

. Chaminé em Campo Maior

. Monumento a Eça de Queiro...

. Pelourinho da Póvoa de Va...

. Mar

. Oliveira

. Orquídeas

. Rosa do meu jardim

. Passeando por Lisboa

. Árvore

. Lisboa moderna

.arquivos

.concelhos e outros temas

. abrantes

. alandroal

. alcochete

. alcoutim

. aldrabas

. alentejo

. alter do chão

. ambiente

. animais

. arraiolos

. arronches

. artesanato

. árvores

. avis

. beiras

. beja

. borba

. caia

. campo maior

. castelo de vide

. castro verde

. coretos

. crato

. culturas

. educação

. elvas

. ericeira

. estremadura

. estremoz

. eventos

. évora

. festas do povo 2011

. festas do povo 2015

. flores

. fontes

. fronteira

. gavião

. igrejas

. jardim

. lisboa

. marvão

. mértola

. monforte

. montemor-o-novo

. montijo

. mora

. moura

. mourão

. música

. nisa

. olivença

. paisagens

. pelourinhos

. pessoal

. plantas

. ponte de sor

. portalegre

. portel

. porto

. postdoano

. póvoa de varzim

. redondo

. reguengos de monsaraz

. rios

. serpa

. setúbal

. sousel

. trás-os-montes

. viana do alentejo

. vidigueira

. vila viçosa

. todas as tags

.favoritos

. Revisitando Serpa - ruas ...

. Choça

. Aldeia de Sande

. Ribeira de Seda, Pisão

. Entre Tejo e Odiana

. Igreja de Santo Aleixo

. Pôr-do-sol sobre a albufe...

. O nascer do Sol no Alente...

.ligações

Estou no Blog.com.pt

.últ. comentários

Jardins com arte e muito trabalho. As fotos mostra...
Lindas as imagens deste blog
Muito bonito, uma árvore num meio urbano...
Que beleza :)
Por acaso esta arvore de flores amarelas dem choro...
Ola,eu tenho essa fruta plantada,o pé esta carrega...
Olá, parabéns pelos artigos! Conte conosco para di...
Parabéns pelo seu bom gosto!
Há procura de cortinas tipicamente alentejanas dei...

.mais comentados

20 comentários
17 comentários
15 comentários
14 comentários
14 comentários
14 comentários
12 comentários
blogs SAPO

.subscrever feeds