Segunda-feira, 21 de Março de 2011

Estação de caminho de ferro

 

Na antiga instrução primária decorávamos, à laia de cantilena, as estações e apeadeiros das linhas dos caminhos de ferro. Na Linha do Leste brincava-se com a sequência Chança-Mata-Crato, ou, inversamente, Crato-Mata-Chança.

Tempos houve em que o comboio era o principal meio de transporte. Daqui parti muitas vezes para Lisboa ou para Elvas. Às vezes, em comboios que mais parecia terem saído de filmes do Far West.

Agora já não tem chefe de estação, nem qualquer outro pessoal. Apenas uma das salas se encontra aberta, estabelecendo a comunicação do exterior com a gare.

O relógio desapareceu.

 

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 08:21
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
3 comentários:
De flordocardo a 22 de Março de 2011 às 01:26
Há quem diga que é a vida... Eu acho ser um retrocesso.
Abraço!
De Júlia a 22 de Março de 2011 às 13:24
Talvez seja um retrocesso. Mas há que ter em conta as longas horas que implica (ou pelo menos implicava porque já há muito tempo que não a faço) uma viagem para Lisboa, com mudanças de comboio, porque não era direto, comparadas com as que os autocarros demoram na mesma viagem. Além disso, os autocarros param na vila e a estação ainda fica a alguns quilómetros, embora poucos,
Temos de entender que as pessoas deixaram de andar de comboio por alguma razão. O problema é, provavelmente, o facto dos caminhos de ferro não se terem constituído como alternativa à rodovia, modernizando-se e adaptando-se às novas condições.
Abraço
De artesaoocioso a 30 de Março de 2011 às 21:29
Tem razão. A vida muda mesmo e não podemos querer que tudo fique parado.
Roubei para o meu blogue.
Cumprimentos

Comentar post

.mais sobre mim

O Entre Tejo e Odiana foi distinguido com o prémio Zé de Mello '09, na categoria Blogosfera Regional. . Agradeço a todos os que votaram. . http://josedemello.blogspot.com/

.Janeiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Onde estou


Ver mapa maior

.pesquisar

 

.posts recentes

. Olival

. Noite de Natal

. Medronheiro

. Chuva

. Oliveiras

. Outono no rio

. Outono

. Bancos

. Oliveira

. Jardim de papel 4

. Jardim de papel 3

. Jardim de papel 2

. Jardim de papel 1

. Animais

. Chaminé em Campo Maior

.arquivos

.concelhos e outros temas

. abrantes

. alandroal

. alcochete

. alcoutim

. aldrabas

. alentejo

. alter do chão

. ambiente

. animais

. arraiolos

. arronches

. artesanato

. árvores

. avis

. beiras

. beja

. borba

. caia

. campo maior

. castelo de vide

. castro verde

. coretos

. crato

. culturas

. educação

. elvas

. ericeira

. estremadura

. estremoz

. eventos

. évora

. festas do povo 2011

. festas do povo 2015

. flores

. fontes

. fronteira

. gavião

. igrejas

. jardim

. lisboa

. marvão

. mértola

. monforte

. montemor-o-novo

. montijo

. mora

. moura

. mourão

. música

. nisa

. olivença

. paisagens

. pelourinhos

. pessoal

. plantas

. ponte de sor

. portalegre

. portel

. porto

. postdoano

. póvoa de varzim

. redondo

. reguengos de monsaraz

. rios

. serpa

. setúbal

. sousel

. trás-os-montes

. viana do alentejo

. vidigueira

. vila viçosa

. todas as tags

.favoritos

. Revisitando Serpa - ruas ...

. Choça

. Aldeia de Sande

. Ribeira de Seda, Pisão

. Entre Tejo e Odiana

. Igreja de Santo Aleixo

. Pôr-do-sol sobre a albufe...

. O nascer do Sol no Alente...

.ligações

Estou no Blog.com.pt

.últ. comentários

Nos últimos anos muito mudou no que respeita às ár...
Vivi em Campo Maior entre 1948 e 1954 (entre os 4 ...
No mês de Novembro visitei o interior desta fortal...
Jardins com arte e muito trabalho. As fotos mostra...
Lindas as imagens deste blog
Muito bonito, uma árvore num meio urbano...
Que beleza :)
Por acaso esta arvore de flores amarelas dem choro...
Ola,eu tenho essa fruta plantada,o pé esta carrega...

.mais comentados

20 comentários
17 comentários
15 comentários
15 comentários
14 comentários
14 comentários
12 comentários
blogs SAPO

.subscrever feeds