Sábado, 17 de Abril de 2010

Casa e chaminé

 

É sempre com admiração que observo estas antigas casas em que existe uma desproporção entre a sua altura e a extraordinária dimensão da chaminé. Esta localiza-se em Casa Branca.

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 08:15
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
4 comentários:
De Rafael Carvalho a 18 de Abril de 2010 às 08:36
Chaminés altas, qual será o motivo?
(A) Funcional?
A girafa precisa de pescoço comprido para chegar às folhas mais altas, seu alimento. Precisará a casa alentejana de chaminé alta para fumar melhor?
(B) Hipnótico?
Na tribo africana das mulheres-girafa , estas usam argolas no pescoço. Vão acrescentando outras para forçar o seu crescimento. Parece que por lá os homens não resistem a um pescoço comprido. Será a chaminé alentejana, desproporcionalmente alta, só para nos encantar?
De Júlia a 18 de Abril de 2010 às 15:10
Pois, esse é, para mim, um grande mistério. Aparece uma casa com uma grande chaminé e, ao lado, outras com chaminés mais pequenas.
Além das hipóteses que refere, ainda podemos acrescentar a mania das grandezas...
Cumprimentos
De Luiz a 18 de Abril de 2010 às 17:51
http://dbgoncalves.com/Fumos.htm

Encontrei este interessante documento sobre chaminés, como anexo de uma página não menos interessante.

Cumpmts
De Rafael Carvalho a 18 de Abril de 2010 às 21:31
Impalex ,
acedi ao link por si sugerido. Gostei!
Cumprimentos.

Comentar post

.mais sobre mim

O Entre Tejo e Odiana foi distinguido com o prémio Zé de Mello '09, na categoria Blogosfera Regional. . Agradeço a todos os que votaram. . http://josedemello.blogspot.com/

.Fevereiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.Onde estou


Ver mapa maior

.pesquisar

 

.posts recentes

. Mercado mensal

. Olival

. Noite de Natal

. Medronheiro

. Chuva

. Oliveiras

. Outono no rio

. Outono

. Bancos

. Oliveira

. Jardim de papel 4

. Jardim de papel 3

. Jardim de papel 2

. Jardim de papel 1

. Animais

.arquivos

.concelhos e outros temas

. abrantes

. alandroal

. alcochete

. alcoutim

. aldrabas

. alentejo

. alter do chão

. ambiente

. animais

. arraiolos

. arronches

. artesanato

. árvores

. avis

. beiras

. beja

. borba

. caia

. campo maior

. castelo de vide

. castro verde

. coretos

. crato

. culturas

. educação

. elvas

. ericeira

. estremadura

. estremoz

. eventos

. évora

. festas do povo 2011

. festas do povo 2015

. flores

. fontes

. fronteira

. gavião

. igrejas

. jardim

. lisboa

. marvão

. mértola

. monforte

. montemor-o-novo

. montijo

. mora

. moura

. mourão

. música

. nisa

. olivença

. paisagens

. pelourinhos

. pessoal

. plantas

. ponte de sor

. portalegre

. portel

. porto

. postdoano

. póvoa de varzim

. redondo

. reguengos de monsaraz

. rios

. serpa

. setúbal

. sousel

. trás-os-montes

. viana do alentejo

. vidigueira

. vila viçosa

. todas as tags

.favoritos

. Revisitando Serpa - ruas ...

. Choça

. Aldeia de Sande

. Ribeira de Seda, Pisão

. Entre Tejo e Odiana

. Igreja de Santo Aleixo

. Pôr-do-sol sobre a albufe...

. O nascer do Sol no Alente...

.ligações

Estou no Blog.com.pt

.últ. comentários

Nos últimos anos muito mudou no que respeita às ár...
Vivi em Campo Maior entre 1948 e 1954 (entre os 4 ...
No mês de Novembro visitei o interior desta fortal...
Jardins com arte e muito trabalho. As fotos mostra...
Lindas as imagens deste blog
Muito bonito, uma árvore num meio urbano...
Que beleza :)
Por acaso esta arvore de flores amarelas dem choro...
Ola,eu tenho essa fruta plantada,o pé esta carrega...

.mais comentados

20 comentários
17 comentários
15 comentários
15 comentários
14 comentários
14 comentários
12 comentários
blogs SAPO

.subscrever feeds