Domingo, 3 de Junho de 2007

Figueira-da-índia

A figueira-da-índia (Opuntia ficus-indica (L.) Mill) é uma planta suculenta, arbustiva, podendo atingir 5 metros de altura. Pertence à família da Cactáceas. Tem raiz muito profunda, tronco carnudo, lenhoso e erecto, com ramos cilíndricos de cor verde vivo ou verde acinzentado e folhas transformadas em espinhos finos, rectos e esbranquiçados.

É uma planta de climas secos, temperados e tropicais.

Provavelmente originária da América Central, encontra-se naturalizada nas margens dos mares Mediterrâneo e Vermelho e na África do Sul. Em Portugal é cultivada em sebes ou jardins no Alto Douro, Estremadura, Ribatejo, Alto Alentejo,  Algarve, Madeira e Açores. O fruto é  comestível.

 

 

Figueira-da-índia com ramos novos e flores, integrada numa sebe juntamente com alecrim e uma piteira

 

 

Flores da figueira-da-índia, vendo-se também parte da folha da piteira e, em fundo, o alecrim.

 

Confesso que nunca tinha "visto" estas flores. A pressa do dia-a-dia fazia com que apenas deitasse um olhar apressado à planta, reparasse quando estavam carregadas de "figos", não havendo tempo para apreciar tanta beleza.

 

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 18:59
link do post | comentar | favorito
| | partilhar

.mais sobre mim

O Entre Tejo e Odiana foi distinguido com o prémio Zé de Mello '09, na categoria Blogosfera Regional. . Agradeço a todos os que votaram. . http://josedemello.blogspot.com/

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Onde estou


Ver mapa maior

.pesquisar

 

.posts recentes

. Jardim de papel 4

. Jardim de papel 3

. Jardim de papel 2

. Jardim de papel 1

. Animais

. Chaminé em Campo Maior

. Monumento a Eça de Queiro...

. Pelourinho da Póvoa de Va...

. Mar

. Oliveira

. Orquídeas

. Rosa do meu jardim

. Passeando por Lisboa

. Árvore

. Lisboa moderna

.arquivos

.concelhos e outros temas

. abrantes

. alandroal

. alcochete

. alcoutim

. aldrabas

. alentejo

. alter do chão

. ambiente

. animais

. arraiolos

. arronches

. artesanato

. árvores

. avis

. beiras

. beja

. borba

. caia

. campo maior

. castelo de vide

. castro verde

. coretos

. crato

. culturas

. educação

. elvas

. ericeira

. estremadura

. estremoz

. eventos

. évora

. festas do povo 2011

. festas do povo 2015

. flores

. fontes

. fronteira

. gavião

. igrejas

. jardim

. lisboa

. marvão

. mértola

. monforte

. montemor-o-novo

. montijo

. mora

. moura

. mourão

. música

. nisa

. olivença

. paisagens

. pelourinhos

. pessoal

. plantas

. ponte de sor

. portalegre

. portel

. porto

. postdoano

. póvoa de varzim

. redondo

. reguengos de monsaraz

. rios

. serpa

. setúbal

. sousel

. trás-os-montes

. viana do alentejo

. vidigueira

. vila viçosa

. todas as tags

.favoritos

. Revisitando Serpa - ruas ...

. Choça

. Aldeia de Sande

. Ribeira de Seda, Pisão

. Entre Tejo e Odiana

. Igreja de Santo Aleixo

. Pôr-do-sol sobre a albufe...

. O nascer do Sol no Alente...

.ligações

Estou no Blog.com.pt

.últ. comentários

Muito bonito, uma árvore num meio urbano...
Que beleza :)
Por acaso esta arvore de flores amarelas dem choro...
Ola,eu tenho essa fruta plantada,o pé esta carrega...
Olá, parabéns pelos artigos! Conte conosco para di...
Parabéns pelo seu bom gosto!
Há procura de cortinas tipicamente alentejanas dei...
Ah e como Évora é bonita... como Portugal é bonito...
O Alentejo tem este condão, esta magia!Tem na pale...

.mais comentados

20 comentários
17 comentários
15 comentários
14 comentários
14 comentários
14 comentários
12 comentários
blogs SAPO

.subscrever feeds