Segunda-feira, 3 de Agosto de 2009

Redondo. Festa das Ruas Floridas

A Festa  das Ruas Floridas da vila de Redondo realiza-se de dois em dois anos. Este ano as ruas enfeitaram-se, como é tradição, com motivos feitos em papel, obedecendo cada uma  das ruas a um determinado tema.

Como tinha programado, visitei a vila domingo de manhã, aproveitando o facto de, por estes dias, o calor ter abrandado nesta região. Pretendo  deixar aqui apenas uma breve amostra do que vi.

 

Frontaria de capela feita em papel.

 

 

 

 

 

 

 

 

Pormenor da rua anterior

Outro pormenor da mesma rua

 

 

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 09:42
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
21 comentários:
De Dina a 3 de Agosto de 2009 às 15:57
Júlia, continuo a achar que como as de Campo Maior...não há.
É verdade que nunca estive no Redondo nesta altura mas pelo que tenho visto nos media, é quase uma "cópia" de Campo Maior e sendo assim prefiro esperar e ver as originais.
Pode ser por uma ligação que sempre tive com essa terra, foi a primeira onde dei aulas, foi lá também que a minha mãe viveu alguns anos e onde nasceram duas das minhas irmãs, enquanto com o Redondo não tenho qualquer ligação afectiva.
De Caravaggio a 3 de Agosto de 2009 às 16:47
Ó Dina , então tens mesmo de vir cá para ver isto ao vivo, mas avisa para a Banda começar a ensaiar!!!!
De Júlia a 3 de Agosto de 2009 às 19:45
Para mim que já participei um várias edições das Festas do Povo de Campo Maior, elas são inimitáveis.
As do Redondo são diferentes, mas não deixam de ser interessantes. O erro é tentar comparar as duas. Cada uma deve ser apreciada na sua especificidade. Em qualquer delas há ruas ornamentadas com muita criatividade, outras assim-assim. No Redondo gostei particularmente da Rua Cândido dos Reis, com o tema "O Coral", a que correspondem as 3 últimas fotografias.
Esperemos que em 2010 haja festas em Campo Maior.
De raio-de-luar a 3 de Agosto de 2009 às 16:07
Que saudades do Redondo! Nos meus tempos de faculdade conheci uma amiga para a vida natural dessa magnífica vila. Passei lá inesquecíveis férias, conheci pessoas magníficas... e adorei cada recanto, cada pedra de calçada. Há já algum tempo que não tenho oportunidade de ir, rever amigos e locais. Este ano, sem ser excepção, recebi convite para a Festa das Ruas Floridas, mas é mais um ano que me é de todo impossível ir. É com alegria, emoção e alguma tristeza que vejo estas fotos, que revejo locais, e sinto a saudade a crescer!
De Júlia a 3 de Agosto de 2009 às 19:47
É uma vila bem bonita e as festas são muito interessantes.
Claro que estando perto, em Campo Maior, não podia deixaar de lá ir.
De A-lupa-de-alguem a 3 de Agosto de 2009 às 16:17
Olá! Estas imagens estão lindas. Nunca vi nada assim tão enfeitado nas ruas. Cores vivas que transmitem alegria. As fotos estão mesmo fantásticas. Ao vivo então...deve ser uma animação. Beijinhos
P.S.
Parabéns pelo destaque no
De Júlia a 3 de Agosto de 2009 às 19:51
Olá amiguinha!
É uma trabalho que leva meses a fazer, apesar de terem optado por fazer algumas das ornamentações da forma mais simples e menos trabalhosa, sobretudo a parte que cobre a rua (o tecto).
Mas há aspectos muito interessantes como, por exemplo, os peixes que coloriam uma rua bastante comprida, sendo cada um de cor diferente.
Agradeço os parabéns.
Beijinho
De Isa a 3 de Agosto de 2009 às 16:42
Bonito...
De Dinis Ponteira a 3 de Agosto de 2009 às 22:03
magnificos trabalhos e blog, parabéns pelo destaque
De Tiago Verissimo a 4 de Agosto de 2009 às 14:45
Ao ver esta página, como não podia deixar de ser, li os respectivos comentários e não podia ficar no silêncio.
Como sabe sou um denfensor acérrimo das Festas do Povo e ao longo dos meus sessenta e três anos de vida muito escrevi sobre as nossas Festas.
Há alguns anos, com o ecludir por todo o País, de imitições das Festas do Povo, propus na Assembleia Municipal que a Câmara na defesa dos interesses de Campo Maior, caso fosse possível, procedesse à rentativa de registar a patente das Festas para evitar essas cópias, algumas de má qualidade.
Quando começaram a realizar-se, com alguma frequência, as Festas do Redondo, escrevi um artigo polémico que intitulei de: "Vamos acabar com as imitações", nesse trabalho já defendia a ideia que atràs referi, mas esse artigo mereceu da parte de um Redodense uma resposta infelismente agressiva e cheia de inverdades. Como é óbvio teve a resposta merecida e esse debate terminou com a intervenção do Presidente da Câmara da altura.
Mais tarde e pelos problemas existentes em Campo Maior com a realizaçãom das Festas do Povo, as nossas teradições, os nossos usos e costumes foram desaparecendo e alguém que pretende divir, criou a célebre e malograda Semana das Tradições. Aí como pessoa que pensa, escrevi outro artigo e penitenciei-me das acusações que fiz ao Redondo. Hoje estou com o Povo do Redondo e respeito o seu trabalho, contudo, estou muito triste com os meus conterrâneos, o nosso maior Ex-Libres vai cair no esquecimento, é preciso fazer reviver o espírito e a alma Campomaiorenses, pois fomos nós que criamos "Uma Primavera em Setembro" tal como os nossos antepassados deram o Mumdo ao Mindo.
siripipi-alentejano
De Júlia a 4 de Agosto de 2009 às 15:15
Esperemos que as Festas do Povo regressem em breve.
Dia 10 de Agosto vou publicar um pequeno post sobre as mesmas, feito para ser integrado numa blogagem colectiva. Pelo menos dá para recordar como foi há 5 anos.
De Pitanga Doce a 5 de Agosto de 2009 às 03:05
Adoro estas festas populares que se estendem pelo Verão. Em qualquer parte do país!

boa noite Julia
De paulo a 8 de Agosto de 2009 às 15:36
nao comparem o redondo com campo maior nunca tivemos nada a ver com os camponeses nem queremos ter
De Nuno a 4 de Agosto de 2013 às 21:03
LOOOOOOOOOL não querem ter nada a ver, mas o que é certo é que imitam as nossas festas. Imagino se quisessem ter algo a ver.LOOOOOOOOOL
De A VER NAVIOS a 8 de Agosto de 2009 às 18:14
Belas fotos, lindas ruas.
Há algo muito similar na minha terra natal, de quatro em quatro anos, quando se realiza a festa dos tabuleiros.
Foi disso que me lembrei ao ver estas fotos.
Obrigado e bom fim de semana,
José Lopes
De alenteja a 12 de Agosto de 2009 às 02:28
e com muita tristeza k li estes tristes comentarios sou redondeira com muito orgulho conheço as duas festas redondo-e campo maior e so quem nao conhece as duas pode dizer que e uma copia de alguma coisa nao tem nada haver tanto uma como as outras sao preparadas com muito merito e amor que se mantenho as duas pra sempre
De Júlia a 12 de Agosto de 2009 às 10:16
Não me parece que tenha razão para estar tão triste porque apenas uma pessoa aprecia menos bem as festas do Redondo, comparadas com as de Campo Maior. Na maior parte dos casos em que as duas são evocadas, há a notar que são referidas como coisas diferentes, cada uma com aspectos específicos.
No meu caso, em que até estive implicada na organização da festa de Campo Maior de 2004 e na ornamentação da minha rua, reafirmo o que disse antes, que as duas festas são igualmente interessantes e representam o trabalho e o empenhamento de muita gente.
Desejo também que ambas continuem a fazer-se.

Comentar post

.mais sobre mim

O Entre Tejo e Odiana foi distinguido com o prémio Zé de Mello '09, na categoria Blogosfera Regional. . Agradeço a todos os que votaram. . http://josedemello.blogspot.com/

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
16
17
18
19
20
21
23
24
26
27
28
29
30
31

.Onde estou


Ver mapa maior

.pesquisar

 

.posts recentes

. Animais

. Chaminé em Campo Maior

. Monumento a Eça de Queiro...

. Pelourinho da Póvoa de Va...

. Mar

. Oliveira

. Orquídeas

. Rosa do meu jardim

. Passeando por Lisboa

. Árvore

. Lisboa moderna

. Quiosques de Lisboa

. Flores

. Coreto da Póvoa de Varzim

. Douro 2

.arquivos

.concelhos e outros temas

. abrantes

. alandroal

. alcochete

. alcoutim

. aldrabas

. alentejo

. alter do chão

. ambiente

. animais

. arraiolos

. arronches

. artesanato

. árvores

. avis

. beiras

. beja

. borba

. caia

. campo maior

. castelo de vide

. castro verde

. coretos

. crato

. culturas

. educação

. elvas

. ericeira

. estremadura

. estremoz

. eventos

. évora

. festas do povo 2011

. festas do povo 2015

. flores

. fontes

. fronteira

. gavião

. igrejas

. jardim

. lisboa

. marvão

. mértola

. monforte

. montemor-o-novo

. montijo

. mora

. moura

. mourão

. música

. nisa

. olivença

. paisagens

. pelourinhos

. pessoal

. plantas

. ponte de sor

. portalegre

. portel

. porto

. postdoano

. póvoa de varzim

. redondo

. reguengos de monsaraz

. rios

. serpa

. setúbal

. sousel

. trás-os-montes

. viana do alentejo

. vidigueira

. vila viçosa

. todas as tags

.favoritos

. Revisitando Serpa - ruas ...

. Choça

. Aldeia de Sande

. Ribeira de Seda, Pisão

. Entre Tejo e Odiana

. Igreja de Santo Aleixo

. Pôr-do-sol sobre a albufe...

. O nascer do Sol no Alente...

.ligações

Estou no Blog.com.pt

.últ. comentários

Muito bonito, uma árvore num meio urbano...
Que beleza :)
Por acaso esta arvore de flores amarelas dem choro...
Ola,eu tenho essa fruta plantada,o pé esta carrega...
Olá, parabéns pelos artigos! Conte conosco para di...
Parabéns pelo seu bom gosto!
Há procura de cortinas tipicamente alentejanas dei...
Ah e como Évora é bonita... como Portugal é bonito...
O Alentejo tem este condão, esta magia!Tem na pale...

.mais comentados

20 comentários
17 comentários
15 comentários
14 comentários
14 comentários
14 comentários
12 comentários
blogs SAPO

.subscrever feeds