Domingo, 21 de Dezembro de 2008

Evoramonte. Torre/Paço Ducal

"A Torre/Paço Ducal é um exemplo único da arquitectura militar de transição, do manuelino final, sem antecedentes nem precedentes em Portugal. Foi construída em 1532 e a sua função nunca terá sido de defesa, servindo basicamente como residência de caça dos Duques de Bragança. A sua posição dominante e cénica, no meio da planície, cumpre na íntegra o propósito da sua construção: afirmar a casa de Bragança como a segunda mais poderosa do Reino e dando sentido à máxima: "depois de vós, nós", ou seja, depois do Rei, a Casa de Bragança. Esta particlaridade está fortemente presente na concepção do edifício, através dos Nós que envolvem o mesmo e que se tratam de um símbolo da heráldica dos Braganças, adoptado pelos arquitectos responsáveis pela sua construção: os irmãos Francisco e Diogo Arruda.Em planta, trata-se de um edifício disposto na forma de um quadrilátero regular, com quatro bastiões circulares nos bvértices. Possui três pisos, suportados por fortes colunas decoradas, onde assentam abóbadas polinervadas em tijolo. Do terrço, com parapeito para artilharia, admira-se um panorama de rara beleza e policromia da peneplanície alentejana."  (Folheto da Junta de Freguesia de Evoramonte)

A propósito do poder dos Duques de Bragança, note-se que, em 1527, o rei D. João III mandou fazer o recenseamento da população do reino. No entanto, os escrivães encarregados dessa tarefa foram impedidos de o fazer nos domínios do Duque de Bragança, quer na Comarca de Entre Douro e Minho, quer na Comarca de Entre Tejo e Odiana. Mais tarde, o Duque mandou fazer o conto dos moradores e apresentou-o ao rei. Neste caso, a máxima não se cumpriu: o "vós e o nós" estavam situados ao mesmo nível.

 

 A Torre/Paço Ducal, evidencia-se no ponto mais alto da elevação onde se situa a vila de Evoramonte.

 

Um aspecto da sala do piso térreo.

 A sala do 2º piso

 A sala do 3º piso. Note-se a diferente decoração das colunas dos três pisos e a beleza das abóbadas.

concelhos e outros temas:
publicado por Júlia às 11:56
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
4 comentários:
De daplanicie a 21 de Dezembro de 2008 às 21:37
Finalmente consegui vir fazer uma visita! Estive a ler os posts que tinha perdido e a admirar as fotos. E agora deixo aqui um grande beijinho com votos de um Natal repleto de tudo o que é verdadeiramente importante para sermos felizes.
De artesaoocioso a 23 de Dezembro de 2008 às 23:23
Vim propositadamente desejar para si e sua família,
um Feliz Natal.
Bela peça e belas fotos.
De Júlia a 24 de Dezembro de 2008 às 07:29
Agradeço a sua visita e também lhe desejo Boas Festas, na companhia da sua família.
Cumprimentos
De artesaoocioso a 23 de Dezembro de 2008 às 23:24
Vim propositadamente desejar para si e sua família,
um Feliz Natal.
Bela peça e belas fotos.

Comentar post

.mais sobre mim

O Entre Tejo e Odiana foi distinguido com o prémio Zé de Mello '09, na categoria Blogosfera Regional. . Agradeço a todos os que votaram. . http://josedemello.blogspot.com/

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Onde estou


Ver mapa maior

.pesquisar

 

.posts recentes

. Jardim de papel 4

. Jardim de papel 3

. Jardim de papel 2

. Jardim de papel 1

. Animais

. Chaminé em Campo Maior

. Monumento a Eça de Queiro...

. Pelourinho da Póvoa de Va...

. Mar

. Oliveira

. Orquídeas

. Rosa do meu jardim

. Passeando por Lisboa

. Árvore

. Lisboa moderna

.arquivos

.concelhos e outros temas

. abrantes

. alandroal

. alcochete

. alcoutim

. aldrabas

. alentejo

. alter do chão

. ambiente

. animais

. arraiolos

. arronches

. artesanato

. árvores

. avis

. beiras

. beja

. borba

. caia

. campo maior

. castelo de vide

. castro verde

. coretos

. crato

. culturas

. educação

. elvas

. ericeira

. estremadura

. estremoz

. eventos

. évora

. festas do povo 2011

. festas do povo 2015

. flores

. fontes

. fronteira

. gavião

. igrejas

. jardim

. lisboa

. marvão

. mértola

. monforte

. montemor-o-novo

. montijo

. mora

. moura

. mourão

. música

. nisa

. olivença

. paisagens

. pelourinhos

. pessoal

. plantas

. ponte de sor

. portalegre

. portel

. porto

. postdoano

. póvoa de varzim

. redondo

. reguengos de monsaraz

. rios

. serpa

. setúbal

. sousel

. trás-os-montes

. viana do alentejo

. vidigueira

. vila viçosa

. todas as tags

.favoritos

. Revisitando Serpa - ruas ...

. Choça

. Aldeia de Sande

. Ribeira de Seda, Pisão

. Entre Tejo e Odiana

. Igreja de Santo Aleixo

. Pôr-do-sol sobre a albufe...

. O nascer do Sol no Alente...

.ligações

Estou no Blog.com.pt

.últ. comentários

Muito bonito, uma árvore num meio urbano...
Que beleza :)
Por acaso esta arvore de flores amarelas dem choro...
Ola,eu tenho essa fruta plantada,o pé esta carrega...
Olá, parabéns pelos artigos! Conte conosco para di...
Parabéns pelo seu bom gosto!
Há procura de cortinas tipicamente alentejanas dei...
Ah e como Évora é bonita... como Portugal é bonito...
O Alentejo tem este condão, esta magia!Tem na pale...

.mais comentados

20 comentários
17 comentários
15 comentários
14 comentários
14 comentários
14 comentários
12 comentários
blogs SAPO

.subscrever feeds